fbpx
Connect with us

Esportes

Análise do mercado: Por que o ataque não deve ser a prioridade do Corinthians para reforços?

Publicado

em

alianças comerciais, indústria, empresas
Saída de medalhões marca fim de era no Corinthians "Por ora, Gabigol no Corinthians é mero devaneio", diz André Rizek "Nada foi selado": PSG admite interesse em Gabriel Moscardo e pode pagar entre 22 e 25 milhões de euros Fábio Santos agradece e emociona Cássio em despedida do Corinthians - Todos os direitos: G1

Augusto Melo, eleito presidente, promete reforços para todos os setores do elenco na nova gestão.

O mercado de contratações no futebol sempre gera expectativa nos torcedores, e no caso do Corinthians não é diferente. A busca por reforços e a montagem do elenco para 2024 estão entre as prioridades do presidente Augusto Melo, que tem se mostrado consciente da necessidade de fortalecer a equipe. Apesar das especulações em torno da possível chegada de Gabigol, do Flamengo, as necessidades do time apontam para outros setores que também precisam de reforço.

Além disso, a formação de alianças comerciais entre o clube e outras empresas pode ser uma estratégia importante para atrair investimentos e fortalecer a equipe, tanto dentro quanto fora de campo.

Atualização do mercado para 2024

O setor de ataque, por ora, é um dos que continua com a maioria das peças para 2024. Yuri Alberto, Romero, Gustavo Mosquito, Giovane, Wesley, Felipe Augusto… São nomes que seguirão no grupo na pré-temporada do Campeonato Paulista, mantendo uma certa estabilidade nesse momento de transição de mercado. A única saída desde o fim do Brasileirão foi a de Pedro, negociado com o Zenit, da Rússia, o que indica que o mercado ainda está se movimentando intensamente.

Patrocinado

Alianças comerciais em destaque

Tendo em vista a situação do elenco, surge a discussão sobre a necessidade de incorporar qualidade e experiência contratando novas peças para o setor de ataque. Ao mesmo tempo, é interessante observar que este é o setor com menos baixas, com alguns dos garotos citados, como Giovane, tendo caído nas graças de Mano Menezes nos últimos jogos. Portanto, o mercado ainda reserva surpresas e movimentações.

Nesse cenário, de ganhar uma peça robusta, Gabigol poderia ser figura ideal para o Timão, mas, abaixo, o ge mostra como outros setores do elenco precisarão de reforços urgentes.

Indústria do meio-campo em foco

Patrocinado

Numa reformulação intensa com a saída de jogadores veteranos do elenco, o meio-campo é o setor que mais perdeu em quesito qualidade e experiência. A técnica de Renato Augusto dificilmente será reposta por uma contratação a curto prazo. Por outro lado, a busca é por maior vigor físico e número de jogos disputados ao longo do ano.

O problema é que, junto com Renato, outra peça relevante foi embora por fim de contrato: Giuliano vinha sendo bastante usado por Mano Menezes no time titular e sua permanência chegou a ser cogitada, já que é mais jovem do que o companheiro e teve menos problemas de lesões. Portanto, as negociações no mercado de transferências serão de extrema importância.

Empresas em análise

Ainda no setor de meio-campo, o colombiano Cantillo foi outro a ser dispensado por estar em fim de contrato. Vinha em baixa, mas deixa também uma lacuna de opções para Mano Menezes, que tem se incomodado com o desempenho de Fausto Vera. No último jogo do ano, o técnico criticou a atuação do argentino, que fez um gol, mas acabou sendo substituído.

Patrocinado

Por outro lado, Maycon agrada ao treinador, mas está em fim de contrato de empréstimo e, para mantê-lo, o Corinthians terá que negociar uma cessão provisória pela terceira vez seguida junto ao Sharkhtar Donetsk, da Ucrânia. No momento, a renovação é difícil de se concretizar. A outra possiblidade é negociar uma contratação definitiva, abrindo os cofres.

Cenário que obriga, necessariamente, o Corinthians a se mexer para reforçar o setor antes de pensar no ataque, já que a situação financeira não é das melhores. Nessa linha, o que pode rechear os cofres é uma possível saída de Gabriel Moscardo, que desperta o interesse do Paris Saint-Germain e outros clubes europeus. Ele é titular da equipe, mas a diretoria sabe que será difícil segurá-lo.

A perspectiva do time de defesa

Já no setor defensivo está a primeira e até o momento única contratação para 2024: o lateral-esquerdo Hugo, do Goiás, que chegará para suprir a aposentadoria de Fábio Santos e disputar a posição com Matheus Bidu. Na direita, Fagner segue como titular, e Rafael Ramos pode ser negociado para abrir espaço para o jovem Leo Maná, oriundo da base.

Patrocinado

No gol, Carlos Miguel aparece tentando pedir passagem, mas Cássio deve seguir no elenco, embora já tenha externado sua insatisfação com algumas cobranças e questionamentos. Em outubro, ele chegou a dizer que poderia procurar outro clube se ‘estivesse atrapalhando’.

Na zaga, após a dispensa de Gil, o ‘x’ da questão tornou-se Bruno Méndez. O uruguaio tem uma oferta de renovação em mãos e ainda não deu resposta ao clube. Ele ficará livre de vínculo em 1º de janeiro. Por outro lado, o Bahia devolveu o zagueiro Raul Gustavo, que chega, a princípio, para compor elenco ao lado de Caetano. Lucas Veríssimo começa o Paulistão como titular, mas só tem contrato até o meio do ano e está emprestado pelo Benfica, de Portugal, o que obrigará o Corinthians a negociar.

Possibilidades e questões que tornam os setores de meio-campo e defesa mais vulneráveis neste fim de temporada e começo de uma nova gestão. O torcedor, por sua vez, espera que o discurso da nova diretoria se concretize e sejam feitas, de fato, dez contratações e para todas as posições.

+ Veja mais notícias do Corinthians

Patrocinado

🎧 Ouça o podcast ge Corinthians🎧

+ Assista: tudo sobre o Corinthians na Globo, sportv e ge

Fonte: G1 – Esportes

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários