fbpx
Connect with us

Mundo

Assembleia Geral da ONU aprova envio de ajuda à Faixa de Gaza em resolução de cessar-fogo

Publicado

em

Assembleia Geral, ONU, Organização das Nações Unidas
O embaixador israelense na ONU, Gilad Erdan, fala aos delegados durante a Assembleia Geral das Nações Unidas na cidade de Nova York, EUA, 12 de dezembro de 2023. — Foto: REUTERS/ Eduardo Muñoz - Todos os direitos: G1

Votação ocorreu após os Estados Unidos vetarem a medida em reunião do Conselho de Segurança, devido à guerra entre Israel e Hamas e a terrível situação humanitária em Gaza.

A Assembleia Geral da ONU aprovou por unanimidade uma resolução que pede pelo cessar-fogo imediato na guerra entre Israel e Hamas. A votação foi um passo importante para buscar uma solução pacífica para o conflito na região.

Diferentemente do Conselho de Segurança, a Assembleia Geral da ONU não possui direito de veto, o que possibilitou a aprovação da resolução. O apoio massivo dos países membros demonstra a preocupação global com a situação e a necessidade de garantir a segurança e a paz na região. A decisão da Assembleia Geral reflete a visão unificada da comunidade internacional sobre a situação, mandando uma mensagem clara para as partes envolvidas no conflito.

.

Assembleia Geral da ONU: Aspectos da Resolução

A Embaixadora dos EUA na ONU, Linda Thomas-Greenfield, expressou à Assembleia Geral da ONU antes da votação que existiam elementos da resolução que os EUA apoiavam, como a urgência em resolver a terrível situação humanitária em Gaza, proteger os civis e libertar reféns. Ela ressaltou a importância dessas questões, enfatizando a necessidade de ação imediata.

Patrocinado

Posicionamento da Embaixadora dos EUA na ONU

Além disso, a embaixadora enfatizou: ‘Qualquer cessar-fogo nesta conjuntura seria temporário, no melhor dos casos, e perigoso, no pior dos casos – perigoso tanto para os israelenses, que estariam sujeitos a ataques implacáveis, como também para os palestinos, que merecem a oportunidade de construir um futuro sem o peso do Hamas’.

Discurso de Joe Biden e Necessidade de Arrecadação de Fundos

Antes da votação na Assembleia Geral da ONU, o presidente dos EUA, Joe Biden, discursou em um evento de arrecadação de fundos para sua campanha de reeleição de 2024, observando que Israel estava perdendo apoio internacional devido aos ‘bombardeios indiscriminados’. É evidente a importância da arrecadação de fundos para a continuidade das campanhas políticas.

Resolução e Demandas da Assembleia Geral da ONU

A resolução da Assembleia Geral da ONU também exige a libertação imediata e incondicional de todos os reféns mantidos pelo Hamas e pede que as partes envolvidas no conflito cumpram o direito internacional, particularmente no que se refere à proteção de civis. Isso destaca a relevância da atuação da ONU em meio à guerra entre Israel e Hamas.

Fonte: G1 – Mundo

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários