fbpx
Connect with us

Mundo

Ataques de ursos atingem níveis alarmantes em cidades japonesas, resultando em mortes e recordes preocupantes.

Publicado

em

ocorrências de ataques, incursões ursinas, confrontos com ursos
Urso preto japonês — Foto: Yoshiko Sasahara - Associated Press Venezuela x Guiana: Entenda em 5 pontos disputa por Essequibo Leões bloqueiam estrada e 'inspecionam' carros em parque da África do Sul

Ministério do Meio Ambiente afirma que 212 pessoas foram atacadas neste ano, contra 158 em 2020. Por conta das mudanças climáticas, animais inesperados buscam alimentos.

Ataques de ursos bateram recorde no Japão em 2023. A preocupação com os ataques cresceu significativamente, levando as autoridades locais a reforçar as medidas de segurança nas áreas mais afetadas. O aumento das incursões ursinas tem gerado grande apreensão entre os moradores e turistas.

Além disso, seis pessoas morreram, duas delas da província de Hokkaido, no extremo norte, outras duas na província de Iwate. As regiões de Toyama e Nagano registram uma vítima cada. As ocorrências de ataques têm gerado um clima de tensão nessas regiões, com relatos frequentes de confrontos com ursos.

Os impactos das alterações climáticas nos ataques de ursos

O cálculo dos ataques é maior em relação a contagem feita em 2020, com 158 caos, até então com o maior número de ocorrências. Os registros começaram a serem feitos em 2006.

O governo enviou especialistas para ajudar as prefeituras a capturarem e estudarem os ursos. Além do mais, emitiu comunicados dizendo quais cuidados a serem feitos, como evitar deixar lixos expostos nas ruas, para afastar os animais.

Funcionários do ministério dizem que os animais geralmente hibernam em dezembro, mas também alertam que mais ataques são possíveis.

Leia também

Por que acontecem esses ataques?

Os avistamentos de ursos não são incomuns no Japão, mas geralmente estão concentrados na parte norte do país, onde existe habitat ideal e fontes de proteínas, como bolotas, faias e frutas.

Em novembro de 2023, ocorreram 19.191 avistamentos em todo o país, acima dos 11.135 avistamentos de ursos durante todo o ano anterior e dos 12.743 em 2021, segundo a CNN.

Especialistas dizem que os ursos do Japão estão cada vez mais saindo do território natural em direção às áreas urbanas em busca de alimento, uma vez que, as alterações climáticas interferem na floração dos alimentos.

Podem haver anos de más colheitas e, quando isso acontece, como este de 2023, os ursos não conseguem armazenar energia suficiente antes da hibernação.

Assista o vídeo abaixo para entender a disputada por Essequibo

Leões na África: animais bloqueiam estrada; veja vídeo

Fonte: G1 – Mundo

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Comentários