fbpx
Connect with us

Mundo

Autoridades dizem que forças dos EUA foram atacadas em base aérea iraquiana e revidaram

Publicado

em

Forças norte-americanas, ataques, base aérea, Bagdá, Exército dos Estados Unidos, ataque aéreo, retaliação, território iraquiano, militantes, drones, mísseis, míssil balístico, milícia apoiada pelo Irã, Israel, Gaza, Hamas, trégua, facções iraquianas, invasão dos EUA, Estado Islâmico, coalizão, Síria.
Veículos militares perto da base al-Asad, no Iraque — Foto: John Davison/Reuters

A base aérea Ain al-Asad sofreu um ataque de um míssil balístico de curto alcance, resultando em oito feridos e danos leves à infraestrutura, de acordo com duas autoridades dos EUA.

No dia 21 de janeiro, forças norte-americanas sofreram um ataque em uma base aérea localizada a oeste de Bagdá. Em resposta a esse incidente, o Exército dos Estados Unidos realizou um ataque aéreo.

Esse acontecimento marca a primeira retaliação em território iraquiano após uma série de ataques recentes feitos por militantes utilizando drones e mísseis.

O míssil balístico de curto alcance atingiu a base aérea Ain al-Asad, deixando oito pessoas feridas e causando danos leves na infraestrutura, de acordo com informações fornecidas por autoridades dos EUA.

Como resposta às agressões, as autoridades dos Estados Unidos decidiram atacar um veículo pertencente a uma milícia com apoio iraniano, além de indivíduos envolvidos no ataque. Este contra-ataque resultou em várias baixas entre os membros da milícia.

Os ataques contra alvos americanos tiveram início em 17 de outubro e foram atribuídos pelas milícias iraquianas ao apoio dos EUA a Israel durante o bombardeio de Gaza, após os ataques realizados pelo grupo militante palestino Hamas em território israelense.

Ataque contra alvos dos EUA interrompe cessar-fogo declarado por grupos iraquianos

Diversas facções iraquianas, surgidas após a invasão dos Estados Unidos em 2003 para enfrentar as tropas norte-americanas e outras em 2014 com o objetivo de combater o Estado Islâmico, haviam declarado unilateralmente uma trégua de um ano com Washington. No entanto, esse período de paz foi interrompido devido ao recente ataque direcionado contra alvos norte-americanos.

Desde o dia 17 de outubro, as forças internacionais que compõem a coalizão para combater os últimos focos do Estado Islâmico têm sido atingidas mais de 60 vezes no Iraque e na Síria, de acordo com informações fornecidas por autoridades norte-americanas.

Fonte: G1

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Comentários