fbpx
Connect with us

Mundo

Brasil deporta 19 suspeitos de terrorismo em 2023: A segurança nacional em primeiro lugar!

Publicado

em

expulsão, repatriação, banimento
Homem egípcio suspeito de ligação com terrorismo é conduzido por policiais federais no Aeroporto de Guarulhos — Foto: Reprodução Agentes da PF abordam egípcio (de camisa verde e calça jeans) suspeito de ligação com terrorismo no Aeroporto de Guarulhos — Foto: Reprodução Fantástico descobre identidade de principal investigado na operação Trapiche

Não há indícios de estrangeiros planejando ataques no país, um destino intermediário. Cidadão com passaporte egípcio foi barrado em Guarulhos.

Durante este ano, as autoridades brasileiras realizaram a deportação de 19 estrangeiros suspeitos de ligação com grupos terroristas, impedindo sua entrada no país. Segundo informações obtidas pelo g1, não há evidências de que esses indivíduos estivessem planejando realizar ataques no território brasileiro. De acordo com fontes oficiais, os suspeitos de envolvimento com organizações terroristas optam pelo Brasil como um ponto intermediário para outros destinos, como os Estados Unidos.

Além disso, as autoridades também estão atentas à possibilidade de repatriação desses indivíduos para seus países de origem, visando evitar qualquer ameaça à segurança nacional. A deportação e expulsão são medidas necessárias para garantir a integridade e proteção do Brasil e de sua população contra possíveis atividades terroristas.

Proteção preventiva: deportação de suspeitos é baseada em portaria de 2019

Para evitar que pessoas perigosas entrem no país, as autoridades migratórias brasileiras têm usado como base a portaria de 2019 do Ministério da Justiça, que detalha critérios de deportação de suspeitos de ligação com terrorismo, grupos criminosos, tráfico de drogas, armas e pessoas, pornografia, ou exploração sexual infantojuvenil. As informações de diferentes serviços de inteligência, como o tráfico de drogas e a movimentação de suspeitos, são fundamentais para embasar a ação preventiva do governo federal contra a entrada de envolvidos em atividades ilícitas no Brasil.

Alerta e deportação: dois casos recentes de barrados no Brasil

Recentemente, dois suspeitos de ligação com grupos terroristas foram interceptados e deportados ao tentar ingressar no Brasil. Um homem de 38 anos, proveniente do Egito, teve sua entrada negada após alerta da Polícia Federal sobre sua possível ameaça à segurança nacional, sendo, posteriormente, deportado para o destino intermediário, Roma. Além disso, um cidadão marroquino também teve sua entrada recusada por suspeitas de ligação com grupo terrorista, partindo do voo TK16, proveniente de Buenos Aires. Ambos os casos contribuem para justificar as ações preventivas das autoridades brasileiras contra a entrada de indivíduos suspeitos no país.

Patrocinado

Intensificação da troca de informações: cooperação internacional no combate ao terrorismo

Com o crescente número de deportações e recusas de entrada no Brasil de suspeitos ligados a atividades ilícitas, a troca de informações com serviços de inteligência de outros países tem se intensificado. Este intercâmbio de informações é fundamental para a atuação das autoridades migratórias e tem se tornado parte da rotina dos policiais federais que atuam nos aeroportos.

Fonte: G1 – Mundo

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários