fbpx
Connect with us

Mundo

Desvendando o Fluxo de Capitais do Hamas: Como o Grupo Terrorista Milionário Financia suas Atividades

Publicado

em

grupo radical, facção palestina, organização extremista
Receita anual do Hamas é estimada em R$ 5 bilhões Financiadores, impostos, fontes obscuras e atividades ilícitas: entenda de onde vem o dinheiro do Hamas, grupo terrorista milionário — Foto: Reprodução/TV Globo Entenda de onde vem o dinheiro do Hamas, grupo terrorista milionário — Foto: Reprodução/TV Globo Financiadores, impostos, fontes obscuras e atividades ilícitas: entenda de onde vem o dinheiro do Hamas, grupo terrorista milionário — Foto: Reprodução/TV Globo Receita anual do Hamas é estimada em R$ 5 bilhões, afirma pesquisadora — Foto: Reprodução/TV Globo

Organização religiosa máquina de terror. Fantástico destaca como essa engrenagem funciona. Atos terroristas, financiamento estatal, lavagem de dinheiro.

No dia 7 de novembro deste ano, o Hamas, uma facção palestina que governa Gaza, lançou um ataque surpresa contra Israel, resultando em 1.500 mortes e 300 reféns.

O grupo radical, criado há 80 anos, transformou-se em uma máquina de terror poderosa e milionária.

Além de grandes fontes de financiamento estatal, o Hamas arrecada receitas próprias, cobrando impostos em Gaza. Fontes obscuras e até atividades ilícitas na tríplice fronteira também contribuem para a complexa rede financeira do grupo extremista.

‘Hamas’ ataca Israel com surpresa

No dia 7 de outubro de 2021, o grupo radical Hamas, governando Gaza, realizou um ataque surpresa contra Israel, resultando em 1.200 mortes e 240 reféns. A facção palestina, que tinha sido criada décadas atrás, como uma entidade religiosa, se transformou em uma máquina de terror poderosa e milionária.

Patrocinado

O Fantástico deste domingo (3) destaca como o grupo financia seus atos terroristas e a resistência a Israel mesmo com todas as sanções impostas ao território palestino. A origem de diferentes fontes de receitas já foi rastreada por pesquisadores e forças de segurança de diferentes países.

Financiamento estatal

A mestre em Estratégia, Sandra Coelho explica que as grandes fontes de financiamento do Hamas serão em, em primeiro lugar o financiamento estatal e o primeiro financiador será o Irã. As estimativas mais recentes são de que o Hamas recebe de 80 a 100 milhões de dólares do país.

A pesquisadora canadense, Jéssica Davis cita um outro país doador: o Catar. Mas, nesse caso, o dinheiro chega com conhecimento da ONU e até de Israel. Durante um bom tempo, os milhões entravam em Gaza, literalmente, em malas lotadas de dólares.

Impostos e taxas

Além dos doadores, o Hamas tem uma enorme receita própria porque governa Gaza e cobra os impostos e taxas, assim como todo governo. A pesquisadora destaca, porque, no caso do Hamas, isso é um problema.

Patrocinado

Fontes obscuras

Quando se procuram outras fontes, a origem do dinheiro vai ficando mais e mais obscura.

O Hamas tem um grande carteira de investimentos em diversos países. Muitos imóveis. Eles lucram bastante com isso

, diz a pesquisadora.

Criptomoedas e crime na tríplice fronteira

Por fim, existem duas fontes menores, mas importantes: investimento em moedas virtuais, as chamadas criptomoedas e também o dinheiro do crime na tríplice fronteira, entre Argentina, Paraguai e Brasil, uma região seguidamente citada, em relatórios do governo americano, como uma sedes do financiamento do terror internacional. E onde há suspeitas de financiamento ao grupo libanês Hezbollah.

Segundo a revista

Patrocinado

The Economist

, este é o caso, por exemplo, da construtora de um shopping no Sudão, e de uma empresa que ergue arranha-céus em Sarjah, nos Emirados Árabes.

De acordo com a Faixa de Gaza, o conflito significa menos verba para o Hamas, mas o conflito persiste, com Israel afirmando que a guerra não terminará enquanto o Hamas existir e o Hamas reafirmando os votos de riscar Israel do mapa.

Financiamento das bases

A consultora de Segurança Internacional destaca que muitos investimentos do Hamas estão na Turquia, contribuindo com o grupo extremista. A questão é desembaraçar essa rede e fazer a ligação do dinheiro com o Hamas. É possível, mas não acontece da noite pro dia.

Ouça os podcasts do Fantástico

Patrocinado

PRAZER, RENATA

O podcast ‘Prazer, Renata’ está disponível no g1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google PodcastsApple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito. Siga, assine e curta o ‘Prazer, Renata’ na sua plataforma preferida.

BICHOS NA ESCUTA

O podcast ‘Bichos Na Escuta’ está disponível no g1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google PodcastsApple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito.

Patrocinado

Fonte: G1 – Mundo

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários