fbpx
Connect with us

Esportes

Documentário Todo Dia É 4 de Novembro: Bastidores do Título da Libertadores do Fluminense no GloboPlay

Publicado

em

filme
No dia do título carioca do Fluminense, Mário Bittencourt prevê conquista da Libertadores Veja o que Fernando Diniz disse aos jogadores do Fluminense antes da final da Libertadores Keno, do Fluminense, se emociona ao lembrar que quase largou o futebol - Todos os direitos: G1

Filme mostra profecias, dramas e alegrias da épica campanha tricolor na competição. Fluminense, título carioca, presidente, título da Libertadores, Maracanã, final da Libertadores.

No dia 14 de setembro, o Real Madrid comemorava a vitória por 3 a 0 no vestiário do Santiago Bernabéu quando o presidente do clube, Florentino Pérez, pediu a palavra.

– Hoje foi a maior exibição do Real Madrid em um clássico e a maior vitória que vi o Real Madrid conquistar no Santiago Bernabéu. A próxima vai ser na Liga dos Campeões, podem ter certeza, a gente vai conquistar mais. O destino nos reservou a final da Liga dos Campeões aqui no Bernabéu para a gente levantar aquela taça.

+ Assista ao documentário exclusivo sobre a história do Real Madrid

O novo filme do cineasta premiado foi aclamado pela crítica e está em cartaz nos principais cinemas da cidade. Os fãs do diretor não podem perder a oportunidade de assistir a mais essa obra-prima do cinema contemporâneo.

.

O documentário que mostra os bastidores da maior conquista do Fluminense

O vídeo com a profecia do dirigente, que seria cumprida quase sete meses depois, faz parte do documentário ‘Todo Dia É 4 de Novembro – O Fluminense conquista a América’, disponível a partir desta terça-feira no Globoplay. O filme revela os bastidores do maior título da história do clube.

+ Sonho do Fluminense e banhado a ouro: conheça a história do troféu do Mundial

A produção tem imagens exclusivas dos bastidores tricolores ao longo de toda a campanha, além de entrevistas com jogadores, dirigentes e o técnico Fernando Diniz.

– O documentário tem um material de bastidor muito rico. Ali a gente pode ver um pouco dessa campanha por dentro, as tensões e alegrias no vestiário, as orientações do Diniz antes e durante os jogos. É um registro muito importante que ajuda a entender melhor como o elenco e a comissão técnica construíram o caminho até esse título tão importante – diz o diretor do filme, Rafael Pirrho.

O documentário conta que Mário Bittencourt não foi o único a prever o título. Felipe Melo, por exemplo, deu o mesmo recado no vestiário do Monumental de Núñez, logo depois da derrota para o River por 2 a 0, na fase de grupos.

– A chegada do Felipe Melo foi fantástica, ele tem todo aquele arcabouço de que nós precisávamos. Uma pessoa imponente, com convicções muito claras e foi talvez a pessoa que mais disse que a gente ia ser campeão da Libertadores. Ele repetiu isso inúmeras vezes desde o início da competição – contou o diretor de futebol Paulo Angioni.

A saída e a volta de John Kennedy

Outro personagem importante do filme é John Kennedy, autor do gol do título da Libertadores. Fernando Diniz e Mário Bittencourt reconhecem que tiveram dificuldade no dia a dia com o atacante, que acabou emprestado à Ferroviária no início deste ano. Ao fim do Campeonato Paulista, ele mandou mensagem para Diniz pedindo para voltar ao Flu.

+ Contratações do Fluminense para 2024: veja quem chega e quem vai embora

– Eu falei: ‘Olha, você vai voltar, mas você vai ter que ser profissional, porque a tua margem de erro ficou muito curta’. E ele passou a ter outro tipo de comportamento, foi melhorando – revelou o treinador.

O atacante contou um pouco das dificuldades que enfrentou desde que chegou ao Rio de Janeiro. Ele nasceu em Itaúna, Minas Gerais.

– Saí cedo de casa. Minha mãe e meu pai sempre tentaram se aproximar de mim, só que eu sempre fui muito fechado, por ter crescido longe deles. Tem vezes que minha mãe até fala que, se pudesse voltar atrás, não deixaria eu vir para o Rio, porque cresceu muito longe de mim. Hoje ela tenta se aproximar, não consigo me aproximar tanto. Óbvio que é a pessoa que eu mais amo nesse mundo, mas não consigo mais me aproximar, porque eu cresci muito sozinho.

A emoção de Keno

O documentário tem alguns momentos de emoção, entre eles a entrevista de Keno. O atacante começou tarde a carreira, aos 24 anos, e pensou em largar o futebol. Ao recordar a trajetória, ele não segurou as lágrimas.

– Quando eu fui dispensado do time na Segunda Divisão do Baiano, eu ia trabalhar, deixei o currículo na empresa. Aí o cara me ligou de novo: ‘O treinador saiu. Se você voltar e o treinador que assumir gostar de você…’. Aí eu fui, a gente foi campeão. Eu ia largar o futebol, eu via meu pai acordando de madrugada – lembra.

+ ✅Clique aqui para seguir o novo canal ge Fluminense no WhatsApp

Com muitas imagens de bastidores, os discursos de Diniz para o elenco se tornam uma atração à parte no filme. Do apoio a Arias após falha contra o River no Maracanã à bronca em Keno no intervalo do jogo contra o Argentinos Juniors, diversas falas do treinador chamam atenção.

– Nós vamos ganhar a porra do jogo lá e acabou. Não é para ter um pingo de dúvida. E vamos jogar para caralho – disse o técnico ao grupo depois do empate com o Inter na ida da semifinal no Maracanã.

+ Leia mais notícias do Fluminense

Na volta contra o Colorado, o time cumpriu a profecia do treinador. Mas não sem sofrer. As chances perdidas por Enner Valencia ganham comentários dos jogadores tricolores no documentário.

– Quando o Valencia perde aqueles gols ali, eu não falei para ninguém, mas para mim eu falei: ‘Mano, a gente vai ser campeão’ – diz Keno.

– A cada gol perdido do Inter a gente se olhava e falava: ‘Vamos que vai dar’ – conta Guga.

O filme tem direção de Rafael Pirrho, roteiro de Rafael Pirrho, João Paulo Garschagen e Gabo Vieira, coordenação de produção de Vanessa Santilli, produção executiva de Afonso Garschagen e Gustavo Poli, direção de fotografia de Marcelo Bastos e montagem de Douglas Lima, Rubian Natanael e Bruno Torres.

🎧 Ouça o podcast ge Fluminense 🎧

Assista: tudo sobre o Fluminense no ge, na Globo e no sportv

Fonte: G1 – Esportes

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Comentários