fbpx
Connect with us

Dinheiro

Hamas liberta 17 reféns em troca com Israel. Dia 3.

Publicado

em

Catar, Guerra Israel-Hamas, Hamas, Israel, ONU
Entre os resgatados estão 13 israelitas, três cidadãos estrangeiros e um indivíduo portador de passaporte russo

Dentre as pessoas resgatadas, encontram-se 13 cidadãos de Israel, três estrangeiros e um indivíduo que possui um passaporte russo. Todos foram salvos com sucesso.

O representante do Catar que inspecionou a fronteira de Rafah no último domingo afirmou que a velocidade com que a ajuda é fornecida à faixa não atende às necessidades atuais. Mahmoud al-Mordawi, um membro influente do Hamas em Beirute, declarou que a entrada imediata de 300 caminhões no norte de Gaza, entre domingo e segunda-feira, é essencial para suprir a escassez dos últimos dias.

Pelo menos sete indivíduos da região da Palestina foram vítimas fatais de um ataque de mísseis realizado pelas forças de Israel na área da Cisjordânia que está sob ocupação, de acordo com informações divulgadas pela Voz da Palestina, estação de rádio local. Até o momento, o exército israelense optou por não comentar sobre os eventos. Além disso, mísseis provenientes de Israel atingiram o aeroporto internacional de Damasco, localizado na Síria, levando-o a ser inutilizado, conforme relato da agência de notícias estatal SANA.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que declarou que o primeiro dia de operações de resgate de reféns teve um desempenho positivo, tem uma previsão de diálogo com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, programada para o domingo. Outro ponto a ser destacado é a expectativa da visita de Antony Blinken, secretário de Estado dos EUA, à nação de Israel ainda esta semana, o que representa a quarta vez desde o dia 7 de outubro, conforme informações divulgadas pela mídia local.

Restrições à circulação de civis em Gaza

No domingo, as forças de defesa de Israel comunicaram que os habitantes de Gaza estão impedidos de acessar o mar e de se aproximarem a menos de 1 quilômetro da fronteira com Israel.

Patrocinado

De acordo com o Ministério da Defesa, durante a incursão terrestre, o exército israelense confiscou aproximadamente 5 milhões de shekels (US$ 1,3 milhões) pertencentes ao Hamas. As moedas do Iraque, da Jordânia e dos EUA foram encontradas principalmente em redutos do Hamas e nas residências de suspeitos.

Apesar disso, o órgão declarou que muitas pessoas ainda estão sem acesso a alimentos – ou combustível para cozinhar – e que as padarias não estão operacionais, gerando preocupações com a nutrição, principalmente na região norte de Gaza, que foi o principal alvo da incursão terrestre de Israel. Além disso, relatou que as forças israelenses detiveram alguns palestinos que estavam atravessando o “corredor” seguro estabelecido por Israel, que se estende do norte ao sul do território.

Israel utilizou sua força militar na pequena e densamente povoada Faixa de Gaza desde o ataque. Pelo menos 15 mil pessoas foram mortas, de acordo com o ministério da saúde controlado pelo Hamas. A trégua de quatro dias depende da libertação de um total de 50 reféns pelo Hamas e da soltura de 150 mulheres e menores detidos nas prisões de Israel.

A pausa humanitária em Gaza “manteve-se em grande parte” desde que entrou em vigor na sexta-feira, permitindo às Nações Unidas aumentar a entrega de ajuda crucial dentro e através de Gaza, afirmou o Escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários numa atualização.

Patrocinado

As solturas realizadas gradualmente são cruciais para um acordo intermediado pelo Catar e pelo Egito, que resultou em uma trégua na guerra que já dura mais de seis semanas, permitindo a passagem de mais auxílio humanitário para Gaza, que está sob cerco.

Além disso, no domingo, o Hamas anunciou que irá liberar um refém israelense-russo “em resposta aos esforços do presidente Vladimir Putin e em agradecimento à posição russa de apoio à causa palestina”. Este indivíduo aparentemente estava entre os 14 israelenses detidos.

Esforços para resgatar reféns de Israel

“Estamos empenhados em recuperar nossos reféns e vamos devolvê-los a todos”, afirmou o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em um comunicado.

A administração do primeiro-ministro relatou ter recebido uma relação de nomes de sequestrados que o grupo Hamas deveria entregar no domingo. O grupo militante palestino que controla Gaza libertou um total de 26 cidadãos israelenses, inclusive alguns com nacionalidade dupla, além de 14 cidadãos tailandeses e um cidadão filipino na sexta-feira e no sábado.

Patrocinado

Os cidadãos estrangeiros eram tailandeses, de acordo com o Catar. Anteriormente, o assessor de Segurança Nacional dos EUA, Jake Sullivan, afirmou que tinha “razões para acreditar” que pelo menos um cidadão dos Estados Unidos estaria entre os libertados.

As negociações estão em andamento para estender o cessar-fogo de quatro dias, enquanto mais caminhões de ajuda humanitária se dirigem para Gaza no domingo, abrangendo também áreas do norte.

O Hamas libertou 17 pessoas no terceiro dia de libertação de reféns durante um cessar-fogo temporário com Israel. O grupo entregou 13 israelitas, três cidadãos estrangeiros e um indivíduo com passaporte russo aos cuidados da Cruz Vermelha. Em troca, 39 prisioneiros palestinianos foram libertados. Diferentemente das noites anteriores, os reféns foram soltos na parte norte da Faixa de Gaza. O trabalho está em andamento para estender a pausa nos combates para além dos quatro dias iniciais, de acordo com o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Catar, Majed Al-Ansari.

Essa troca de reféns faz parte de um esforço para alcançar um cessar-fogo mais duradouro entre o Hamas e Israel.

Fonte: InfoMoney

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários