fbpx
Connect with us

Mundo

Hamas libertará 13 civis em grupo inicial, anuncia Catar.

Publicado

em

Hamas, reféns, Catar, acordo, Israel, trégua, bombardeios, sexta-feira, Cruz Vermelha, mulheres, crianças, guerra, foguetes, Faixa de Gaza, Estados Unidos.
Trégua entre Israel e Hamas começa nesta sexta-feira (24) Protesto em Tel Aviv, nesta terça-feira (21) pela libertação de reféns do Hamas. — Foto: Ariel Schalit/AP Palestinos fazem fila para comprar pão no sul de Gaza — Foto: Reuters Israel anunciou acordo que prevê o resgate de 50 reféns capturados pelo Hamas em troca da libertação de 150 palestinos atualmente em prisões israelenses

De acordo com o governo do Catar, as mulheres e crianças serão libertadas às 11h de sexta-feira (24) no horário de Brasília, como parte das negociações em andamento. Além disso, um cessar-fogo será implementado simultaneamente, marcando um passo importante rumo à paz na região.

O Hamas revelou que Israel concordou em não realizar ataques ou prisões na Faixa de Gaza e permitir que as pessoas circulem livremente na rua Salah al-Din, principal via de fuga para muitos palestinos que vivem no norte do território. Este acordo busca garantir a tranquilidade e segurança na região.

Segundo um dos negociadores, o acordo também proíbe qualquer ataque, movimentação militar ou expansão de território durante o período de trégua, visando promover um ambiente de paz.

Além disso, o Catar informou que Israel autorizou a entrada de combustível e ajuda humanitária em Gaza, proporcionando suporte necessário à população local.

Para garantir a segurança dos reféns, Israel decidiu libertá-los em grupos, um grupo por dia. Cada grupo libertado resultará em um dia adicional de pausa no conflito, conforme anunciado pelo governo israelense.

Patrocinado

O Hamas divulgou que, como parte do acordo, Israel concordou em interromper o tráfego aéreo sobre o norte de Gaza das 10h às 16h (horário local) durante a trégua, e cessar todo o tráfego aéreo sobre o sul durante o mesmo período.

Detalhes do acordo entre o Hamas e Israel

Conforme o acordo, mediado pelos Estados Unidos.de forma discreta, o Hamas concordou em libertar 50 reféns em grupos, a cada 24 horas, a partir de quinta-feira (22). Em contrapartida, Israel se comprometeu a uma pausa de quatro dias e, de acordo com os Estados Unidos, a soltar 150 palestinos que estão em prisões israelenses.

Está prevista uma trégua de quatro dias para que 50 mulheres e crianças com menos de 19 anos, que são reféns do Hamas, sejam libertadas. Em troca, Israel vai libertar 150 mulheres e adolescentes palestinos detidos em suas prisões.

Na madrugada de quarta-feira (22), foi anunciado um acordo entre Israel e Hamas, marcando o primeiro acordo desde o início do conflito. Segundo o acordo, o Hamas confirmou que fará a libertação dos reféns, e o Al-Qassam, braço armado do grupo, afirmou que pausará os lançamentos de foguetes contra Israel durante o período da trégua. Al-Ansari expressou sua esperança de que a pausa ocorra tanto no norte quanto no sul da Faixa de Gaza. Em troca da libertação dos reféns, Israel se comprometeu a uma trégua nos ataques à Faixa de Gaza e a soltar prisioneiros palestinos.

Patrocinado

De acordo com o porta-voz do governo do Catar, Majed Al-Ansari, o Hamas concordou em libertar o primeiro grupo de reféns, que são mulheres civis e crianças. Eles estavam em poder do grupo terrorista desde 7 de outubro, quando o Hamas invadiu o sul de Israel, sequestrando cerca de 240 pessoas e causando a morte de 1.400 civis e militares.

Israel confirmou o anúncio feito pelo Catar e informou que já recebeu a lista de reféns que serão soltos. Até o momento, o governo israelense está em contato com os familiares antes de divulgar os nomes da primeira listagem de reféns.

Novidades sobre a guerra entre Hamas e Israel

No momento, é possível acompanhar todas as informações atualizadas sobre o conflito entre Hamas e Israel ao vivo. Além disso, a libertação dos reféns está programada para mais tarde, às 16h no horário local (11h no horário de Brasília). O Catar anunciou que a ONG Cruz Vermelha estará coordenando a operação, porém não divulgou maiores detalhes sobre a rota que os reféns seguirão.

O governo do Catar anunciou que o Hamas concordou em libertar 13 reféns, incluindo mulheres e crianças, na manhã de sexta-feira (24). Esta ação faz parte de um acordo negociado entre o grupo terrorista e Israel.

Patrocinado

Esta é a primeira fase de um plano para liberar aproximadamente 50 reféns, como parte de um acordo fechado entre Israel e o Hamas na quarta-feira (22).

Além disso, foi acordada uma trégua nos bombardeios por parte de Israel e nos ataques do Hamas. Essa trégua está programada para começar por volta das 7h de sexta-feira, no horário local (2h no horário de Brasília) e durará quatro dias.

Fonte: G1

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários