fbpx
Connect with us

Esportes

Messi critica atuação da polícia em Brasil x Argentina: ‘Poderia ter resultado em uma tragédia’

Publicado

em

capitão, Argentina, Messi, liderar, gramado, Maracanã, confusão, arquibancada, torcedores, Brasil, vitória, equipe, craque, comentar, polícia militar, Rio de Janeiro
Messi critica polícia em confusão de Brasil x Argentina e lembra final da Libertadores Após o jogo, Messi comemora com a torcida a vitória da Argentina no Maracanã

Estrela do futebol critica tumulto na decisão da Libertadores e repudia violência entre torcidas no clássico do Maracanã.

A seleção argentina conquistou a liderança das eliminatórias ao alcançar 15 pontos após as seis primeiras rodadas. Com o calendário do Inter Miami ainda por definir, Messi só voltará a atuar novamente em março, no início da próxima temporada da MLS.

Messi, substituído aos 33 minutos do segundo tempo, teve uma atuação discreta durante o jogo, porém não deixou de comemorar bastante a vitória no incrível gramado do Maracanã. Essa partida pode ter sido a última de Messi neste estádio icônico.

– Esse time continua conquistando feitos históricos, repetindo essa conquista mais uma vez. Conseguir vencer aqui contra o Brasil, especialmente considerando que são muito fortes como mandantes na história do futebol, é algo espetacular. Além disso, essa vitória nos ajudou a nos recuperar da derrota para o Uruguai, que realmente estávamos precisando superar – avaliou Messi.

Era uma forma de trazer tranquilidade e garantir a segurança

No momento, Messi observou impotente enquanto as agressões se intensificavam e as pessoas eram empurradas para trás. Ele se sentiu compelido a agir para evitar um desastre iminente. A decisão foi então tomada de se abrigar para verificar o estado de seus entes queridos e demais presentes, buscando obter informações e garantir que todos estivessem bem. Após as devidas averiguações, foi possível retomar a normalidade e sair em segurança do local.

Patrocinado

Presenciamos agressões contra as pessoas durante o jogo. Testemunhamos também como a repressão ocorreu na final da Libertadores, onde os policiais usaram cassetetes para bater nos envolvidos. Alguns jogadores tinham parentes presentes, e isso nos preocupou muito. Pensamos em todas as famílias que não tinham conhecimento do que estava acontecendo e como um jogo pode chegar a esse ponto. Isso acaba se tornando uma questão secundária”, comentou Messi.

O craque argentino enfatizou que a seleção Argentina não considerou abandonar a partida. A saída de campo foi apenas uma tentativa de acalmar os ânimos.

Messi, o capitão da equipe da Argentina, tomou a decisão de liderar seus companheiros para deixar o campo do Maracanã diante de um incidente que ocorreu nas arquibancadas, envolvendo torcedores argentinos e brasileiros. Após a vitória por 1 a 0 da seleção Argentina, o astro expressou sua preocupação com o incidente e criticou a atuação da polícia militar do Rio de Janeiro, responsável por conter a briga.

Um confronto entre torcedores brasileiros e argentinos marcou o ambiente do Maracanã, gerando uma grande polêmica e sendo considerado um escândalo pela imprensa Argentina.

Patrocinado

Fonte: G1 – Esporte

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários