fbpx
Connect with us

Mundo

Milei promete ajustes difíceis e vislumbra esperança em meio aos desafios do ajuste econômico.

Publicado

em

equilíbrio, correção, moderação
Milei discursa pela primeira vez como presidente, nas escadarias do Congresso — Foto: Agustin Marcarian/Reuters Javier Milei faz 1º discurso como presidente da Argentina Mauro Vieira cumprimenta Javier Milei no cerimonial Argentina: Milei toma posse como presidente - Todos os direitos: G1

Javier Milei faz discurso de posse como presidente, prometendo ajustes ‘dolorosos’ e ‘uma luz no fim do túnel’ para Argentina.

Com a faixa presidencial albiceleste sobre o corpo, Javier Milei fez seu primeiro discurso como presidente da Argentina neste domingo (10/12). Em sua posse como chefe de Estado, ele anunciou ajustes ‘dolorosos’ e prometeu uma ‘luz no fim do túnel’.

Os ajustes propostos por Milei visam promover o equilíbrio nas contas públicas e a correção das distorções econômicas do país. Sua promessa de moderação nas medidas revela uma postura firme diante dos desafios enfrentados pela Argentina, marcando assim o início de uma nova era para o país.

O Presidente Milei e seu discurso de mudança

Milei não anunciou medidas concretas, mas, em seu discurso de quase meia hora, ele alertou seus adversários que será ‘firme’ para promover reformas que, em sua opinião, vão criar um ‘novo contrato social’ no país. Ele destacou a importância do equilíbrio para aplicar um ajuste fiscal de cinco pontos do Produto Interno Bruto (PIB). Segundo ele, ‘ao contrário do passado, o ajuste recairá quase inteiramente sobre o Estado e não sobre o setor privado’.

A cerimônia de posse e suas frases marcantes

Abaixo, a BBC News Mundo, serviço em espanhol da BBC, reuniu cinco frases importantes ​​do primeiro discurso de Milei como presidente da Argentina. A cerimônia foi testemunhada in loco por chefes de estado e representantes de outros países, embora possa ficar marcada pela ausência notáveis, ​​como a do presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Patrocinado

O foco no ajuste fiscal em detrimento do gradualismo

Milei deixou claro que vai evitar medidas graduais para aplicar um ajuste fiscal prioritariamente sobre o Estado e não sobre o setor privado. Segundo ele, ‘ao contrário do passado, o ajuste recairá quase inteiramente sobre o Estado e não sobre o setor privado’. Ele enfatizou a necessidade de correção para assegurar a moderação e equilíbrio nas ações promovidas pelo governo.

Antecipando impacto negativo do ajuste fiscal

Milei também antecipou que ‘as decisões difíceis’ que ele planeja tomar nas próximas semanas terão um custo significativo, mas ele apresentou essas medidas como inevitáveis. Ele ressaltou a importância de correção para promover moderação e equilíbrio nesse processo de ajuste fiscal. A preocupação com sintoma especial da economia levou a uma avaliação mais rigorosa das medidas propostas.

Análise do cenário econômico desafiador

O novo presidente argentino dedicou boa parte do seu discurso de posse a descrever a atual situação do país como ‘sombria.’ Ele indicou que pretende acabar com a emissão de dinheiro, mas alertou que ‘os custos do caos monetário do governo anterior’ vão permanecer por 18 ou até 24 meses. Milei acredita que a realização de ajustes fiscais e reformas graduais é essencial para promover o crescimento e equilíbrio econômico.

Promessa de um presidente firme e determinado

Diante do que vários analistas antecipam como forte oposição que o novo governo terá no Congresso e nas ruas, Milei prometeu ‘firmeza’ e disse que ‘vai utilizar todos os recursos do Estado para avançar as mudanças’. Ele reconheceu a importância do ajuste fiscal em seu discurso e enfatizou a moderação necessária para uma transição eficaz na economia. Além disso, reiterou a essencialidade do equilíbrio para manter a solidez nas medidas tomadas. Milei é do partido La Libertad Avanza terá apenas 38 deputados em uma câmara de 257 membros, além dos oito senadores em um total de 72. Essa minoria faz aumentar a incerteza sobre como Milei vai conseguir aprovar seus projetos. Ele lembrou que, quando entrou no Congresso como deputado há dois anos junto com sua atual vice-presidente, Victoria Villarruel, disseram a ele que não podiam fazer nada. Ele disse ter respondido com uma citação do livro Macabeus: ‘Vitória na batalha não depende do número de soldados, mas das forças que vêm do céu.

Patrocinado

O início de uma nova era na Argentina

Milei procurou mostrar a sua chegada ao poder como um ponto de virada para a Argentina, que, em sua opinião, vai encerrar ‘uma longa história de decadência’ e iniciará uma era de ‘reconstrução’. Ele ressaltou a importância do equilíbrio para assegurar a moderação e correção na implementação das reformas que propõe para o país.

Fonte: G1 – Mundo

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários