fbpx
Connect with us

Mundo

Natal em Belém ameaçado: festividades canceladas devido aos conflitos entre Israel e Hamas

Publicado

em

festividades, comemorações
Belém cancela festas de Natal por causa da guerra entre Israel e Hamas - Todos os direitos: G1

Belém, Cisjordânia, cancela celebrações de Natal em respeito ao luto das famílias afetadas pelos conflitos em Gaza.

As festividades de Natal em Belém, na região da Cisjordânia, foram suspensas devido ao conflito entre Israel e Hamas, que já resultou em um grande número de vítimas fatais.

No lugar das comemorações, os cristãos palestinos realizaram uma vigília, onde entoaram cânticos e fizeram preces com velas acesas, em prol da paz na Faixa de Gaza. Belém é conhecida por ser o local onde Jesus nasceu, de acordo com a tradição cristã, em um presépio dentro de um estábulo de uma pousada da época, uma vez que não havia mais quartos disponíveis para os hóspedes.

Tradição das celebrações de Natal em Belém

Com essa crença, é uma tradição antiga a peregrinação de fiéis para a região. As festividades natalinas sempre foram marcadas por alegria, com a iluminação das ruas, montagem de árvores de Natal e decorações por todos os cantos.

Um dos pontos altos da tradição natalina em Belém é a instalação de uma enorme árvore de Natal. No entanto, devido ao conflito que assola a região, com muitas mortes – a maioria sendo o povo palestino – na Faixa de Gaza, localizada a cerca de 50 quilômetros da cidade, as comemorações foram canceladas, deixando o povo em luto.

Patrocinado

O prefeito da cidade, Hanna Hanania, fez uma solene cerimônia acendendo uma vela na Praça da Manjedoura e declarou que o Natal de 2023 será diferente. ‘Hoje Belém, assim como todas as cidades palestinas, está de luto. Estamos profundamente entristecidos’.

‘Belém é uma mensagem. Não é uma cidade, é uma mensagem de paz para todo o mundo. Deste lugar sagrado, enviamos uma mensagem de paz… acabem com a guerra, com o derramamento de sangue, com a morte e a vingança’, afirmou o padre Ibrahim Faltas, um frade presente na vigília, à Reuters.

Decisão da prefeitura de Belém

A prefeitura de Belém informou que, em respeito ao luto das famílias que perderam entes queridos na guerra, as festividades foram canceladas. A Cisjordânia tem sido palco de operações de Israel e confrontos, e era o principal foco de conflitos na região antes do ataque do Hamas a Israel, em 7 de outubro.

‘Decidimos restringir as celebrações de Natal a atividades religiosas e organizar eventos para expressar nossa firme condenação da agressão israelense contra nosso povo palestino na Cisjordânia e em Gaza’, declarou a prefeitura em um comunicado.

Apenas orações conjuntas serão autorizadas, conforme a decisão da prefeitura.

Patrocinado

Não haverá iluminação tradicional e a árvore de Natal, assim como o grande presépio que todos os anos é montado na praça da Manjedoura, não serão instalados.

A procissão que geralmente ocorre na madrugada entre os dias 24 e 25 de dezembro também foi cancelada.

Fonte: G1 – Mundo

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários