fbpx
Connect with us

Dinheiro

O Brasil sintoniza as vibrações de Tom Jobim: O maestro ainda ressoa na alma do país.

Publicado

em

autores, músicos-bossanovistas, maestros-bossanovistas;
“Tom não teve uma vida de altos e baixos — praticamente só teve altos, e isso inviabiliza uma biografia”, diz Ruy Castro (Reprodução capa do disco “Tom Canta Vinícius”) - Todos os direitos: @ NEO FEED

ouça este conteúdo

O escritor Ruy Castro apresenta coletânea de crônicas sobre o músico, pai da bossa nova, em sombra de árvore desaparecida.

Tom Jobim é um dos maiores ícones da música brasileira, conhecido por suas composições atemporais e sua contribuição inestimável para a Bossa Nova. Sua genialidade musical e sua sensibilidade artística marcaram gerações e continuam a inspirar artistas de diversas áreas. Tom Jobim, também chamado de Maestro Soberano, deixou um legado que transcende fronteiras e permanece vivo até os dias de hoje.

Além de músicos-bossanovistas como Tom Jobim, o cenário musical brasileiro também foi enriquecido por talentosos autores e maestros-bossanovistas que contribuíram para a consolidação desse estilo único. A influência desses artistas é evidente na riqueza melódica e na sofisticação harmônica presentes nas composições que marcaram época. A herança deixada por esses mestres da música brasileira continua a ecoar nos corações dos amantes da Bossa Nova em todo o mundo.

Explorando a Vida e a Obra de Tom Jobim

Em suas iniciativas de retratar personalidades, ele poderia muito bem ter se dedicado a um livro sobre o maestro Tom Jobim, renomado por composições como Chega de Saudade e Garota de Ipanema, em colaboração com Vinicius de Moraes. Ele se tornou uma figura central no movimento da bossa nova, como evidenciado em Chega de Saudade, de 1990. Recentemente, ele lançou O ouvidor do Brasil – 99 vezes Tom Jobim, uma coletânea de crônicas que promete encantar os admiradores do maestro e os amantes de boa escrita. Este livro celebra os 30 anos desde a morte do compositor.

Em uma entrevista exclusiva, ao ser questionado sobre as surpresas que os leitores podem encontrar nesse volume, ele revela: ‘Depois de abordar os grandes temas, sinto como se estivesse observando Tom por um microscópio — descobrindo seu lado mais íntimo, suas preferências pessoais, seus hábitos, suas amizades, suas peculiaridades e, principalmente, seu compromisso com a causa ambiental, antes mesmo de ser uma pauta nacional.’ O autor compartilha que nunca considerou escrever uma biografia de Tom, pois teria que revisitar muitos dos aspectos já abordados em Chega de Saudade. Ele também recusou diversos pedidos para biografar Vinicius de Moraes, por motivos semelhantes.

Segundo ele, ‘Tom não teve altos e baixos em sua vida — praticamente só experimentou momentos de sucesso, o que torna inviável uma biografia convencional.’ Após a morte de Tom, uma editora americana procurou uma biografia escrita por ele, mas ele recusou, alegando que seria oportunista. Ele destaca que, nos primeiros meses após a partida de Tom, não haveria críticas negativas sobre o maestro.

Sobre a influência de Tom na bossa nova, o autor comenta: ‘Acredito que, mesmo sem João Gilberto, Tom teria deixado sua marca nesse movimento musical. A parceria com João Gilberto resultou na bossa nova que conhecemos, combinando a modernização melódica e harmônica de Tom com a batida do violão de João Gilberto.’ A antologia é dividida em quatro seções: ‘O ouvidor do Brasil’, ‘As boas histórias’, ‘Anos dourados’ e ‘Vou te contar’. A primeira parte destaca o engajamento ambiental de Tom.

Esses textos foram originalmente publicados entre 2007 e 2023, na coluna do autor no jornal Folha de S. Paulo. Todos eles exploram a vida e obra de Tom Jobim, destacando sua importância como um dos maiores músicos-bossanovistas e maestros-bossanovistas de todos os tempos.

Fonte: @ NEO FEED

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Comentários