fbpx
Connect with us

Mundo

ONU denuncia guerra israelo-palestina: crimes de guerra, tortura e fome em destaque

Publicado

em

guerra, conflito, luta;
© Reuters/Abed Khaled - Todos os direitos: @ Agencia Brasil

ouça este conteúdo

Ataques em Gaza: explosão em Gaza, crimes contra humanidade, imediatamente cometeram. Crimes de guerra, crimes de guerra, cometeram.

Uma investigação da Organização das Nações Unidas (ONU) revelou hoje (12) que tanto Israel quanto o Hamas se envolveram em atos de guerra durante os primeiros momentos do conflito em Gaza, resultando em graves consequências para a população civil.

Os relatórios indicam que as ações de Israel foram consideradas crimes contra a humanidade, devido à extensão das vítimas civis, agravando ainda mais a situação de luta na região.

Relatório da ONU aponta crimes de guerra em conflito em Gaza

As conclusões foram extraídas de relatórios da Comissão de Inquérito da ONU, destacando os eventos de 7 de outubro e a reação de Israel. Israel, que não colaborou com a comissão, criticou as conclusões como resultado de um viés anti-Israel. O Hamas não respondeu imediatamente aos pedidos de comentário.

A guerra teve início em 7 de outubro, quando militantes liderados pelo Hamas, o grupo islâmico que controla Gaza, atacaram e fizeram reféns israelenses, conforme registros oficiais. A resposta militar de Israel resultou na morte de milhares de palestinos, deslocando grande parte da população e causando fome e destruição.

Negociadores de EUA, Egito e Catar têm buscado mediar um cessar-fogo e a libertação dos reféns, muitos dos quais permanecem em Gaza. Izzat al-Rishq, do Hamas, descreveu a resposta à proposta de cessar-fogo dos EUA como positiva, abrindo caminho para um acordo.

Autoridades israelenses afirmaram que o Hamas rejeitou a proposta de libertação de reféns, alterando parâmetros-chave. A proposta de Biden visa um cessar-fogo e a libertação gradual de reféns em troca de prisioneiros palestinos em Israel, buscando encerrar o conflito de forma permanente.

Potências globais intensificam esforços para conter o conflito, evitando uma escalada regional. A milícia Hezbollah, apoiada pelo Irã, lançou foguetes em retaliação a um ataque israelense, aumentando temores de um confronto maior.

Os relatórios da ONU apontam que ambos os lados cometeram crimes de guerra, incluindo tortura e tratamento desumano. Israel foi acusado de crimes como fome como método de guerra, privando os habitantes de Gaza de necessidades básicas. Alguns atos, como assassinatos, são considerados crimes contra a humanidade.

Fonte: @ Agencia Brasil

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Comentários