fbpx
Connect with us

Mundo

Pai é detido por estupro da própria filha na UTI em São Paulo – um caso chocante em destaque.

Publicado

em

violência sexual, abuso sexual, assaltos sexuais, violação, agressão sexual
- Publicado em 12/06/2024 às 10:45 - Todos os direitos: @ Hugo Gloss

ouça este conteúdo

Profissão Repórter exibe estupro de vulnerável, revelando sinais e vitais, sob supervisão da equipe de enfermagem, garantindo privacidade ao paciente, ao mostrar comportamento suspeito.

Na noite desta terça-feira (11), o ‘Profissão Repórter’ exibiu a história de um homem que foi detido sob a acusação de estupro contra sua própria filha, que estava internada na UTI de um hospital em São Paulo. Nas filmagens feitas pela equipe médica, o indivíduo toca a jovem de 17 anos de forma inapropriada, violando sua integridade física e emocional.

Essa triste situação expõe mais um caso de violência sexual que infelizmente ocorre com frequência, revelando a necessidade urgente de combater os assaltos sexuais e garantir a proteção das vítimas de abuso sexual. A agressão sexual é um crime hediondo que não pode ser tolerado em nossa sociedade, sendo fundamental que medidas sejam tomadas para prevenir a violação dos direitos humanos e promover a segurança de todos.

Abordagem do estupro de vulnerável na TV Globo

O programa da TV Globo trouxe à tona a questão do estupro de vulnerável, um crime que envolve a prática de atos libidinosos ou conjunção carnal sem consentimento, direcionado a crianças ou adolescentes com menos de 14 anos. Na situação mencionada pela emissora, a equipe de enfermagem começou a suspeitar de algo errado envolvendo a adolescente.

A suspeita surgiu quando os sinais vitais e o comportamento da paciente pareciam alterados durante a noite na presença do pai. Os funcionários notaram que o genitor desejava mais privacidade com a filha, chegando a fechar a cortina do leito em várias ocasiões. Após revisar as filmagens, foi observado que a adolescente estava agitada durante a troca de fralda, apresentando sinais de vermelhidão e fissuras nas partes íntimas.

A jovem permaneceu hospitalizada por 40 dias, e os vídeos registraram incidentes ocorridos durante uma madrugada de maio. Um dos depoimentos mencionava que o pai foi gravado cometendo abusos contra a filha, o que resultou em sua detenção.

Durante a investigação, duas funcionárias do hospital testemunharam sobre o comportamento suspeito do pai. Uma enfermeira relatou momentos em que a adolescente demonstrava agitação e taquicardia na presença do genitor, levantando suspeitas de abuso. Ela descreveu situações em que o pai acariciava a filha de forma inapropriada, levando a equipe a intervir.

O homem foi preso em maio, com sua detenção convertida em prisão preventiva. O laudo do Instituto Médico Legal confirmou lesões compatíveis com abuso sexual na adolescente. Em entrevista, a mãe da vítima defendeu a inocência do pai, descrevendo-o como um pai amoroso e presente na vida dos filhos.

A família do acusado e da vítima também foi abordada pelo jornalístico, revelando diferentes perspectivas sobre o caso. Enquanto a mãe da adolescente acredita na inocência do pai, as evidências médicas e testemunhos da equipe de enfermagem apontam para um cenário perturbador de violência sexual e abuso de vulnerável.

Fonte: @ Hugo Gloss

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Comentários