fbpx
Connect with us

Tecnologia

Pix: Os golpes virtuais que marcaram 2023 e como se proteger

Publicado

em

fraude, crime, trapaça
Homem com celular na mão na região central de São Paulo — Foto: Celso Tavares/g1 Criminosos aplicam golpe da falsa central telefônica em Rio Verde, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera Como é o novo golpe que desvia PIX de compras online e o como evitá-lo As buscas na internet que bombaram no ano de 2023 Segurança da informação em alta: veja como entrar no setor Teve um nude vazado? Prática é crime; saiba como denunciar - Todos os direitos: G1

Lista inclui site falso de venda de ingresso do show da Taylor Swift e outro crime envolvendo o programa Desenrola Brasil.

Em 2023, diversos golpes on-line chocaram os brasileiros. Ataques de phishing, falsos anúncios de emprego e esquemas de pirâmide foram alguns dos golpes que se destacaram.

As quadrilhas estão cada vez mais diversificando as ‘iscas’ que causam prejuízo financeiro em suas vítimas. ‘É preocupante ver o aumento constante de fraudes e crimes cibernéticos. A população precisa estar alerta e informada sobre essas trapaças’, alerta Marina Ciavatta, especialista em segurança da informação.

Veja abaixo alguns dos golpes mais conhecidos do ano.

Falsa central telefônica ‘0800’

Patrocinado

Um dos golpes que se destacaram foi o da falsa central telefônica ‘0800’. Nele, golpistas que se passam por funcionários do banco informam que a conta da vítima foi invadida e que, caso ela não identifique as despesas, deverá entrar em contato com a central falsa.

O objetivo é fazer com que a pessoa acredite na invasão e, posteriormente, clique em um link ou faça o download de um aplicativo para que os criminosos obtenham acesso à conta da vítima.

Em outro golpe semelhante, o bandido envia um SMS informando sobre uma compra supostamente realizada com um alto valor no cartão de crédito. A mensagem contém um número de telefone, geralmente um ‘0800’, para induzir a vítima a ligar em busca de um reembolso. No entanto, ela é levada a executar uma série de procedimentos que terminam em uma transferência via PIX para os criminosos.

O delegado Danilo Carvalho alerta que os bancos não solicitam esse tipo de ação e que, em caso de dúvida, o cliente deve procurar o gerente de sua conta bancária.

Patrocinado

Golpe desvia PIX copia e cola

Criminosos aplicaram um golpe que desvia dinheiro de vítimas que compram pela internet e optam pelo pagamento por PIX, na modalidade copia e cola.

A prática, que utiliza um vírus chamado GoPIX, inicia-se em anúncios maliciosos no Google, de acordo com a empresa de cibersegurança Kaspersky. Os bandidos compram espaços no buscador para promover versões com erros ortográficos de termos como ‘WhatsApp Web’ e ‘Correios’.

Quando a pessoa clica nesse anúncio acreditando ser legítimo, o computador é infectado com o GoPIX. O vírus, então, passa a espionar a vítima e a detectar quando ela realiza compras pela internet e escolhe o pagamento por PIX copia e cola.

Patrocinado

Ao chegar na tela de pagamento, ‘o cliente só precisa copiar um código e colá-lo no sistema PIX para que o pagamento seja realizado. O malware [GoPIX] intercepta esse código e altera ele para que a chave PIX do criminoso seja inserida no lugar da chave da loja’, conforme explicação da Kaspersky.

Golpe do programa Desenrola Brasil

Em julho, o programa ‘Desenrola’, desenvolvido pelo governo federal para a renegociação de dívidas, foi alvo de criminosos.

Nesse golpe, quem pesquisasse por ‘Desenrola’ no YouTube encontraria no topo da lista um link que encaminhava a um chatbot criado para aplicar o golpe. O chatbot prometia descontos de 99% nas dívidas e fingia consultar dados para verificar se a pessoa poderia participar do programa.

Patrocinado

Outro link de golpe foi descoberto pelo g1 no Facebook, onde a postagem levava o interessado a um atendimento personalizado no WhatsApp. A reportagem entrou em contato com o número, forneceu CPF e recebeu do atendente a informação falsa de que tinha uma dívida de R$ 6.800.

Além disso, o suposto atendente garantiu que a renegociação poderia ser feita pelo WhatsApp, o que não é verdade.

Site falso de venda de ingressos para shows

Em junho, o g1 identificou um site fraudulento, que já foi removido, que comercializava ingressos para o show da Taylor Swift no Brasil. No Twitter, também foi possível encontrar relatos de pessoas que caíram em um golpe ao adquirir ingressos de ‘outros fãs’ pelo WhatsApp.

Patrocinado

O site falso estava registrado como ‘taylorswifttheerastourbr.com’ e apresentava sinais de que era suspeito no endereço. O site genuíno, da Tickets For Fun, era ‘taylorswifttheerastour.com.br’.

‘Foi possível notar alguns erros no site falso. Coisas deslocadas e posicionadas de forma esquisitas, não fica agradável visualmente. Mas ao escolher um show, no carrinho de compras, estava ainda mais parecido com o original’, disse Lucas Lago, do Instituto Aaron Swartz.

Bloqueio de pagamentos por proximidade

Nesse esquema, criminosos criaram variações de um programa que infecta computadores conectados a terminais de cartão. O objetivo é bloquear pagamentos por proximidade, especialmente via celular.

Patrocinado

Primeiramente, eles entram em contato com lojistas e se passam por funcionários de empresas de pagamentos eletrônicos. Sob pretexto de realizarem uma manutenção, solicitam que os lojistas baixem um arquivo no computador ligado ao sistema de cobrança por meio do link enviado por eles.

Quando os lojistas clicam no link, um vírus é instalado, proporcionando acesso remoto a esse sistema, que está vinculado à máquina de cartão.

A partir daí, o criminoso detecta e impede a cobrança por proximidade, exibindo uma mensagem de erro falsa na tela da máquina de cartão e forçando o cliente a inserir um cartão físico. Ao inserir o cartão, a vítima pode tornar-se vulnerável a fraudes cometidas pelos bandidos, como compras não autorizadas.

LEIA TAMBÉM:

Patrocinado

Os termos mais pesquisados na internet ao longo de 2023

Segurança digital em foco: dicas para ingressar no setor

Teve um nude vazado? Saiba que é crime e conheça os procedimentos para denunciar

Fonte: G1 – Tecnologia

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários