fbpx
Connect with us

Esportes

Brasil conquista medalhas e resultados no dia 18/11 do Parapan 2023

Publicado

em

Parapan-Americanos, Santiago 2023, Brasil, medalhas, natação, ouro, prata, bronze, Argentina, transmissão, Sportv3, Alessandra Oliveira, Mariana D
Mariana D'Andrea se emociona ao receber medalha de ouro no Parapan-Americano Gabriel Bandeira é ouro nos 200 metros livre

No primeiro dia dos Jogos Parapan-Americanos, o Brasil surpreende com 46 idas ao pódio, com a natação liderando com 19 medalhas, incluindo 10 de ouro. Este é o melhor começo da história brasileira neste evento.

No primeiro dia de competições na capital chilena, o Brasil surpreendeu ao conquistar um total de 46 medalhas, marcando o melhor início da história dos Parapans para o país. Das 46 medalhas, 19 foram de ouro, com destaque para as 10 medalhas de ouro conquistadas na natação. Além disso, a delegação brasileira também conquistou 14 medalhas de prata e 13 de bronze, demonstrando a força e o talento dos atletas paralímpicos brasileiros.

Com um desempenho tão expressivo, o Brasil está muito à frente na liderança do quadro de medalhas, com a Argentina na segunda colocação, com cinco medalhas de ouro, cinco de prata e sete de bronze. O domínio brasileiro nos Jogos Parapan-Americanos de Santiago 2023 promete continuar no próximo domingo, com transmissão ao vivo no sportv3.

A delegação brasileira teve um desempenho excepcional no primeiro dia da competição de natação do Parapan de Santiago. O Brasil conquistou um total de 19 medalhas, sendo 10 de ouro, cinco de prata e quatro de bronze. Um dos destaques do dia foi a vitória de Alessandra Oliveira na final dos 100m peito classe SB4, um feito notável, considerando que a atleta tem apenas 15 anos de idade.

Medalhistas de ouro nas Paralimpíadas

Além disso, o Brasil também conquistou outros títulos de ouro, liderados por Patrícia Pereira na modalidade dos 50m peito SB3, Douglas Matera nos 100m costas S12 e Cecília Araújo nos 400m livre S8. Além deles, Lucas Mozela levou o ouro nos 100m peito SB9, Samuel de Oliveira nos 50m livre S5, Ana Karolina Soares nos 200m livre S14, Gabriel Bandeira nos 200m livre S14, Wendell Belarmino nos 50m livre S11 e Phelipe Rodrigues nos 50m livre S10.

Patrocinado

No halterofilismo, o grande destaque do dia foi o desempenho excepcional de Mariana D‘Andrea na categoria até 73kg feminina. A atleta, que conquistou o ouro, levantou 116,3kg, demonstrando toda sua força e habilidade. Sua vitória foi marcada por emoção, emocionando a todos na hora do pódio, mostrando sua dedicação e superação.

Além disso, na mesma sessão, a também brasileira Caroline Fernandes Alves brilhou ao conquistar o ouro na categoria até 79kg, erguendo 94,7kg e demonstrando todo o seu talento no esporte.

No segmento masculino, Lucas Manoel Galvão obteve a medalha de ouro na categoria 49kg, com um levantamento de 150kg. Ezequiel Correa conquistou a medalha de bronze na categoria 72kg, com um levantamento de 186kg.

No tênis de mesa, o Brasil teve uma excelente performance, subindo ao pódio 22 vezes. Foram conquistadas seis medalhas de ouro, oito de prata e oito de bronze. Os atletas que obtiveram medalhas de ouro são: Paulo Salmin (masculino individual – classe 7), Luiz Guarnieri (masculino individual – classe 8), Claudio Massad (masculino individual – classe 10), Thiago Simões (masculino individual – classe 11), Marilane Amaral (feminino individual – classes 1-3) e Danielle Rauen (feminino individual – classes 9-10).

Patrocinado

Na competição Parapan-Americana, o Brasil obteve vitórias nas duas modalidades de futebol adaptado. No futebol de 5, destinado a atletas com deficiência visual, a equipe venceu o México por 1 a 0, com um gol marcado por Nonato. Já no futebol de 7, que conta com jogadores com paralisia cerebral, o time brasileiro derrotou a Argentina por 2 a 1, com gols de Ubirajara e Matheus.

Brasil se destaca na estreia do Goalball

No Goalball, esporte praticado por atletas com deficiência visual, a seleção brasileira teve um início vitorioso tanto no torneio masculino quanto no feminino. As brasileiras venceram a Argentina por 12 a 2, enquanto os homens derrotaram a Colômbia por 11 a 1.

No rúgbi em cadeira de rodas, o Brasil não teve um bom resultado em sua estreia nos Jogos Paralímpicos, sendo derrotado pela Colômbia por 55 a 48. Já na modalidade de basquete em cadeira de rodas, a equipe brasileira foi superada pelo Canadá, perdendo por 61 a 44.

Fonte: G1

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários