fbpx
Connect with us

Meio Ambiente

Calor e alta umidade: Norte e Nordeste esperam por fortes chuvas nesta semana; confira a previsão.

Publicado

em

precipitação
Mapa mostra acumulado de chuva previsto até o fim desta semana no país. — Foto: INMET Mapa mostra estados do Centro-Norte do país sob alerta de "perigo" por conta das chuvas intensas. — Foto: INMET Estados do Nordeste sob alerta de "perigo" por causa dos temporais. — Foto: INMET - Todos os direitos: G1

Inmet emite avisos de perigo devido às chuvas fortes. Regiões podem registrar grandes acumulados de chuva e ventos intensos.

A primeira semana de abril promete ser marcada pela presença de chuva em grande parte do Norte e Nordeste do Brasil. Segundo a Climatempo, a combinação de umidade atmosférica e a circulação de ventos contribuirá para a formação de áreas de instabilidade entre o norte de Minas Gerais, norte de Goiás e o Distrito Federal.

A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para o início de abril indica que a região Centro-Norte do Brasil deve registrar grandes acumulados de chuva, com valores superiores a 80 milímetros. A previsão de precipitação elevada deve impactar as atividades agrícolas e a rotina das populações locais.

Chuvas intensas atingem o Nordeste

No começo desta semana, algumas cidades do Nordeste já enfrentaram chuvas fortes. Entre segunda (1) e terça (2), Campina Grande, na Paraíba, por exemplo, teve 82,6 milímetros de chuva, correspondendo a 92% da média mensal do município.

Já Salvador acumulou quase 110 milímetros no mesmo período, o quarto maior valor diário para abril desde 1961.

Segundo o instituto, além das altas temperaturas e da grande quantidade de umidade na atmosfera, a atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) tem influência no clima instável, especialmente no extremo norte do país.

👉 A Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) é caracterizada pelo encontro de ventos na região do Equador. É um dos principais sistemas meteorológicos causadores de chuva em parte das regiões Norte e Nordeste do Brasil, segundo o Inmet.

Vinícius Lucyrio, meteorologista da Climatempo, explica que entre março e abril a ZCIT atinge a máxima aproximação da costa norte do Brasil, intensificando as chuvas nessa região.

‘Com isso, o fenômeno não implica a ocorrência de chuvas fortes apenas na faixa norte, mas em toda a área equatorial, o que faz com a que haja transporte de umidade também para o interior’, detalha.

Grande alerta de chuvas

Com as chuvas intensas previstas para o Centro-Norte do Brasil, o Inmet emitiu dois alertas de ‘perigo’ por conta dos temporais.

🔶 O primeiro alerta abrange sete estados e o Distrito Federal:

  • norte de Minas Gerais
  • norte Goiás
  • norte do Mato Grosso
  • Tocantins
  • sul do Maranhão
  • sul do Pará
  • leste do Amazonas

🔶 O segundo alerta inclui boa parte dos estados do Nordeste:

  • norte da Bahia
  • norte de Sergipe
  • oeste de Alagoas
  • oeste de Pernambuco
  • oeste da Paraíba
  • sudoeste do Rio Grande do Norte
  • Piauí

Nessas regiões, as chuvas podem chegar a 100 milímetros por dia, com ventos intensos de até 100 km/h. Há risco de queda de árvores e alagamentos.

Previsões para cada região

  • Sul

A semana deve ser marcada por tempestades no centro-sul do Rio Grande do Sul. As chuvas podem vir acompanhadas de raios, fortes ventos e queda de granizo. A partir do fim de semana, o tempo deve ficar mais quente e seco.

  • Sudeste

A previsão é de tempo quente e seco nos próximos dias. No fim da semana, estão previstas pancadas de chuva isolada, especialmente no nordeste de Minas Gerais.

  • Centro-Oeste

A chuva deve ter um pouco mais de regularidade em parte da região ao longo da semana. Em Mato Grosso, por exemplo, o total acumulado pode superar os 80 milímetros. Nos demais estados, a tendência é de chuva mais irregular.

  • Nordeste

Em boa parte da região são previstas pancadas de chuva. Os temporais podem ser localmente fortes, principalmente no centro-norte do Nordeste, com valores superiores a 70 milímetros. No sul da Bahia, a tendência é de pancadas de chuva isolada, com menores acumulados.

  • Norte

A região deve registrar pancadas de chuva durante toda a semana, com valores superiores a 80 milímetros. O destaque fica para áreas do Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins, que podem ter tempestades com raios e rajadas de vento. Nos demais estados, as pancadas devem ser mais isoladas, com menores acumulados.

Fonte: G1 – Meio Ambiente

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Comentários