fbpx
Connect with us

Mundo

Muçulmanos da Holanda expressam choque com resultados eleitorais após vitória de partido anti-islâmico.

Publicado

em

muçulmanos holandeses, eleições, Geert Wilders, Partido da Liberdade, Parlamento, Holanda, resultado eleitoral, organização muçulmana, população holandesa, comunidade multiétnica, xenofobia, estrangeiros, decepção, eleitores, votação.
O líder Geert Wilders defende um referendo sobre a saída da Holanda da União Europeia

Cerca de 5% da população holandesa, que é de quase 18 milhões de pessoas, é composta por muçulmanos.

Mehdi Koc, um profissional de 41 anos que trabalha com isolamento, expressou surpresa ao ver o Partido pela Liberdade (PVV) ganhar votos, enquanto Taheri opinou que a votação transmitiu uma variedade de mensagens para os muçulmanos, embora a principal sensação seja de desilusão.

Ao analisar os resultados, podemos deduzir que a mensagem transmitida é dupla. Por um lado, parece que há uma certa xenofobia, pessoas que têm aversão a estrangeiros e muçulmanos. Por outro lado, percebe-se uma profunda decepção em relação aos 13 anos de governo de Rutte, o que também influenciou na escolha de voto.

Os resultados das eleições foram recebidos com surpresa e choque pelos muçulmanos holandeses. Não esperávamos que um partido que vai contra os princípios básicos do Estado de Direito alcançasse tamanho resultado eleitoral, afirmou Muhsin Koktas, representante da organização muçulmana CMO.

Aproximadamente 5% da população holandesa, composta por quase 18 milhões de pessoas, é composta por muçulmanos.

‘Foi uma surpresa muito desagradável que ainda precisamos processar’, afirmou Abdessamad Taheri, um trabalhador comunitário de 45 anos do bairro multiétnico de Schilderswijk, em Haia, em entrevista à Reuter.

Patrocinado

Choque entre muçulmanos holandeses com a vitória eleitoral de Geert Wilders

A comunidade muçulmana na Holanda ficou chocada com o resultado das eleições, que culminou na vitória de Geert Wilders, um político populista de extrema direita. Wilders já manifestou sua posição favorável à proibição de mesquitas e à proibição do Alcorão no país.

Na noite de quarta-feira, Wilders e seu partido, Partido da Liberdade (PVV), surpreenderam as previsões e conquistaram 37 das 150 cadeiras no Parlamento holandês. Essa conquista superou amplamente a coligação Trabalhista/Verde e os conservadores do primeiro-ministro em final de mandato, Mark Rutte.

Fonte: G1 – Mundo

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários