fbpx
Connect with us

Mundo

Kim Jong-un alerta para possibilidade de ataque nuclear em caso de provocação da Coreia do Sul e EUA

Publicado

em

ataque atômico, ofensiva nuclear, agressão com bomba atômica
Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte, ameaça ataque nuclear se for provocado. — Foto: Jonathan Ernst/Reuters - Todos os direitos: G1

Líder norte-coreano pode lançar ataque nuclear se provocado com armas nucleares, em reação a reuniões em Washington de planejamento nuclear e estratégico.

As declarações de Kim Jong-un são um alerta claro de que a Coreia do Norte está disposta a utilizar um ataque nuclear como resposta a qualquer provocação com armas nucleares. A imprensa estatal reportou que o líder norte-coreano não hesitará em tomar essa medida extrema se sentir que seu país está ameaçado.

A reunião entre Coreia do Sul e Estados Unidos em Washington, na qual a dissuasão nuclear foi discutida, revela a preocupação crescente com a possibilidade de um ataque atômico por parte da Coreia do Norte. O planejamento nuclear e estratégico foi um dos temas abordados, e os aliados reafirmaram que qualquer ofensiva nuclear por parte de Pyongyang resultaria no fim do regime norte-coreano.

Intensificação das tensões devido ao risco de ataque nuclear

Em resposta, Kim Jong-un teria dado ordens ao departamento de mísseis de suas forças armadas para ‘não hesitar em promover um ataque nuclear quando o inimigo provocar com armas nucleares, de acordo com a KCNA, agência de notícias norte-coreana.

Washington, Seul e Tóquio emitiram posteriormente um comunicado instando a Coreia do Norte a ‘cessar as provocações e aceitar nosso apelo para participar de um diálogo substantivo sem condições’.

Patrocinado

Os três países fortaleceram a cooperação militar diante da série de testes nucleares realizados este ano pela Coreia do Norte, e na terça-feira (19) ativaram um sistema para compartilhar informações em tempo real sobre o lançamento de mísseis norte-coreanos.

Na segunda-feira (18), a Coreia do Norte lançou seu míssil balístico mais poderoso, o Hwasong-18, e o classificou como ‘uma contramedida de advertência’ diante do que chamou de atos de ‘ameaça militar’ de Washington e seus aliados.

Na semana passada, um submarino nuclear dos Estados Unidos chegou ao porto sul-coreano de Busan, e na quarta-feira (20) os Estados Unidos deslocaram bombardeiros de longo alcance para realizar manobras com a Coreia do Sul e Tóquio.

Novas preocupações com a possibilidade de ofensiva nuclear

Patrocinado

Fonte: G1 – Mundo

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários