fbpx
Connect with us

Futebol

Desafios na Premier League: Será que o Manchester City Conseguirá Repetir o Sucesso Mesmo com os Obstáculos?

Publicado

em

campeonato inglês, liga inglesa, principal divisão do futebol inglês
Guardiola em partida do Manchester City pela Premier League Getty Images

Manchester City busca vitória contra o Aston Villa na Premier League. Transmissão ao vivo pela ESPN. Liderança da Premier League em jogo.


Estou confiante de que nosso time vai conquistar o título da Premier League. As declarações de Pep Guardiola surpreenderam a todos antes do confronto entre Aston Villa e Manchester City, marcado para esta quarta-feira (6), às 17h15 (de Brasília), com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

Essa previsão otimista é totalmente justificada quando observamos o desempenho recente do atual campeão da principal divisão do futebol inglês, que conquistou cinco dos últimos seis títulos da liga inglesa, estabelecendo um domínio comparável apenas ao do Manchester United na era de Sir Alex Ferguson. No entanto, há uma estatística desta temporada que precisa ser melhorada se o City quiser garantir mais um título na Premier League.

“O City” mantém preocupação com a defesa ainda em 2023/24

Tratado – com justiça – como uma referência de futebol ofensivo, Guardiola tem uma preocupação maior com a defesa do que muitos imaginam. Já disse, no passado, que é impossível vencer títulos sem um sistema defensivo confiável. E é justamente isso que atrapalha o City versão 2023/24, que tem os piores números desde que o técnico assumiu, em 2016.

O atual campeão inglês sofreu 24 gols nos primeiros 22 jogos da temporada, somando compromissos de Premier League, Copa da Liga Inglesa, Champions League, Supercopa da Inglaterra e Supercopa da Uefa. São apenas cinco partidas sem ser vazado, quatro delas no campeonato nacional (Burnley, Newcastle, Nottingham Forest e Manchester United).

Patrocinado

Em termos defensivos, um começo de ano tão ruim assim só havia acontecido em 2016/17, no primeiro ano de Guardiola no Etihad Stadium. Na época, foram 23 gols sofridos em 22 compromissos, com apenas dois clean sheets na Premier League.

Veja o comparativo ano a ano:

  • 2023/24 – 24 gols em 22 jogos (5 clean sheets, 4 na Premier League)

  • 2022/23 – 19 gols em 22 jogos (11 clean sheets, 6 na Premier League)

  • 2021/22 – 18 gols em 22 jogos (9 clean sheets, 8 na Premier League)

  • 2020/21 – 15 gols em 22 jogos (12 clean sheets, 7 na Premier League)

  • 2019/20 – 21 gols em 22 jogos (8 clean sheets, 5 na Premier League)

  • 2018/19 – 11 gols em 22 jogos (13 clean sheets, 8 na Premier League)

  • 2017/18 – 14 gols em 22 jogos (11 clean sheets, 7 na Premier League)

  • 2016/17 – 23 gols em 22 jogos (5 clean sheets, 2 na Premier League)

O rendimento defensivo chama atenção nos jogos recentes. O City sofreu dez gols nas últimas quatro partidas: três do Tottenham, dois do RB Leipzig, um do Liverpool e quatro do Chelsea. Nesse recorte, venceu apenas uma vez, os alemães, em duelo da Liga dos Campeões da Europa.

O que aconteceu com o City?

Possíveis respostas para isso não faltam, a começar pelas baixas. John Stones, zagueiro que se especializou a atuar como volante e se tornou peça importante no sistema de marcação, atuou poucos minutos na temporada. Isso de certa forma sobrecarrega Rodri, o único marcador efetivo do meio-campo, e causa buracos na linha defensiva.

Outro fator é a falta de controle, característica perdida pelos Citizens com a lesão de Kevin de Bruyne, que voltará a jogar possivelmente em janeiro, e também com a saída de Ilkay Gundogan, hoje no Barcelona.

Patrocinado

Sem eles, o clube foi ao mercado, contratou nomes como Mateo Kovacic e Matheus Nunes, que ainda não engrenaram. Assim, Guardiola adaptou a característica do time e o deixou ainda mais ofensivo, frequentemente com até quatro atacantes (Phil Foden, Julián Álvarez, Jeremy Doku e Erling Haaland). E isso tem um preço.

Não é a primeira vez que estamos jogando bem, mas os resultados não acontecem. Normalmente nós encontramos soluções, mas agora estamos sofrendo um pouco

, falou o treinador, após o frustrante empate com o Tottenham no domingo passado (3).

Por se tratar de um técnico altamente capaz e de um time acostumado a empilhar títulos nos últimos anos, a expectativa é que os problemas sejam corrigidos a tempo da reta final. Mas serão necessários alguns ajustes para que a defesa suba de nível e o time mantenha o predomínio de anos recentes.

Onde assistir Aston Villa e Manchester City?

O duelo entre Aston Villa e Manchester City, pela 15ª rodada da Premier League, está marcado para quarta-feira, às 17h15 (de Brasília), com transmissão pela ESPN no Star+.

Patrocinado

Fonte: ESPN – Futebol

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários