fbpx
Connect with us

Meio Ambiente

Ibama deve dar resposta sobre pedido da Petrobras para exploração na Foz do Amazonas no início de 2024.

Publicado

em

Ibama, Rodrigo Agostinho, Petrobras, petróleo, Foz do Amazonas, exploração, barris, licença, segurança energética, reservas, política energética, pesca, biodiversidade, terras indígenas
Infográfico mostra o local em que a Petrobras quer explorar petróleo na bacia da Foz do Amazonas — Foto: Editoria da Arte/g1

A empresa estatal defende que a exploração tem o potencial de garantir a ‘segurança energética’ do país. No entanto, o pedido gerou discordâncias dentro do governo, com o Ibama negando a solicitação inicial em maio.

Durante uma audiência, Daniele Lomba enfatizou a importância de buscar novas reservas de petróleo e gás no Brasil, visando assegurar a segurança energética do país. Ela evidenciou a necessidade de aumentar os recursos disponíveis para atender à demanda crescente.

Em resposta a Lomba, Rodrigo Agostinho ressaltou que o Ibama não tem uma responsabilidade direta sobre a política energética do Brasil, no entanto, destacou a sensibilidade da região da Foz do Amazonas. Agostinho enfatizou a presença de importantes fatores ambientais na área, como a pesca, a biodiversidade e as terras indígenas, exigindo uma abordagem mais rigorosa e cautelosa em relação a qualquer tipo de exploração.

A Petrobras prevê que a área de exploração na região tem o potencial de produzir 14 bilhões de barris de petróleo. Quando apresentou o pedido inicial, o Ibama recusou, mas a estatal fez um novo pedido.

Em maio deste ano, durante uma audiência pública na Câmara dos Deputados, a gerente-geral de Licenciamento e Conformidade Ambiental da Petrobras, Daniele Lomba, defendeu a importância da exploração nessa região.

Patrocinado

Pedido da Petrobras sobre exploração na região da Foz do Amazonas continua em análise

A solicitação feita pela Petrobras no início do ano foi motivo de divergências entre setores do governo Lula. O processo continua em análise e ainda não há uma conclusão definitiva a respeito.

O Ibama está neste momento priorizando a análise desse pedido específico, que diz respeito à exploração de uma área localizada na região conhecida como Foz do Amazonas. É esperado que, no começo do próximo ano, se tenha alguma resposta em relação a esse assunto. O diretor Agostinho afirmou que ainda não se chegou a uma conclusão sobre o tema.

O presidente do Ibama, Rodrigo Agostinho, anunciou hoje que o órgão tem previsão de responder até o início de 2024 o requerimento feito pela Petrobras para a exploração de petróleo na região da Foz do Amazonas.

Agostinho fez essa declaração durante uma entrevista no Palácio do Planalto, após ter participado de uma reunião com a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, e o presidente da Petrobras.

Fonte: G1 – Meio Ambiente

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários