fbpx
Connect with us

Mundo

Israel bombardeia novamente Gaza.

Publicado

em

Israel, Faixa de Gaza, terroristas, ataques, Hamas, palestinos, forças de segurança, Tel Aviv, Cruz Vermelha, Egito, reféns, manifestação, primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, operação terrestre, Emmanuel Macron.
Quatrocentos alvos do grupo terrorista Hamas foram atingidos por ataques israelenses desde o fim da trégua na manhã de sexta (1°), — Foto: Reprodução/ TV Globo

Ataques israelenses atingiram 400 alvos do grupo terrorista Hamas desde o fim da trégua na manhã de sexta-feira (1°). O ministério da Saúde do Hamas relatou 193 mortes e mais de 700 feridos entre os palestinos. De acordo com as forças de segurança de Israel, um dos comandantes do Hamas foi morto nos ataques.

No decorrer de um discurso na noite de sábado, o líder de Israel afirmou que a libertação dos reféns foi resultado da pressão militar do país e dos esforços diplomáticos. Benjamin Netanyahu declarou que a ofensiva em curso continuará até que todos os objetivos sejam alcançados, incluindo a eliminação do Hamas e a libertação dos sequestrados, e que a operação terrestre é crucial para esse fim.

Durante uma coletiva de imprensa em Dubai, onde participou da COP 28, o presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou seus planos de viajar ao Catar para negociar um novo acordo de trégua na Faixa de Gaza.

O exército de Israel acusou o Hamas de descumprir o acordo de pausa humanitária ao atacar o país e não libertar o número combinado de reféns. O Hamas, por sua vez, condicionou a liberação dos israelenses mantidos em Gaza – que, segundo Israel, são 137 – a uma nova trégua.

No último sábado, uma manifestação em Tel Aviv revelou o desespero dos parentes dos sequestrados, que exigem a libertação. O grupo das famílias dos reféns reivindicou uma reunião com o gabinete de guerra israelense. A situação é tensa e a pressão sobre as autoridades é crescente.

Patrocinado

Ataques terroristas em Israel e distribuição de ajuda humanitária em Gaza

Conforme informações das forças de segurança de Israel, os ataques resultaram na morte de um dos líderes do Hamas que estiveram envolvidos no planejamento dos ataques terroristas realizados em 7 de outubro contra Israel.

No mesmo dia, os terroristas lançaram mísseis em direção a cidades de Israel, incluindo Tel Aviv, levando as sirenes a serem ativadas no centro do país. Como resultado, um jovem israelense ficou ferido em Holon.

A Cruz Vermelha comunicou que mais de 100 caminhões com assistência humanitária entraram na Faixa de Gaza, vindos do Egito, e alertou que os ataques podem atrapalhar a distribuição. **É crucial garantir que a ajuda humanitária chegue às pessoas afetadas pela violência.**

As forças de segurança de Israel iniciaram novos bombardeios na região da Faixa de Gaza, após terroristas dispararem contra o centro do país, resultando na interrupção da trégua que havia sido estabelecida há dois dias.

Patrocinado

Ao todo, 400 alvos pertencentes ao grupo terrorista Hamas foram atingidos pelos ataques dos israelenses desde o fim da trégua na manhã de sexta-feira, dia 1°. De acordo com o ministério da Saúde do Hamas, 193 palestinos foram mortos e mais de 700 ficaram feridos como resultado dessas ações.

Fonte: G1 – Mundo

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários