fbpx
Connect with us

Mundo

Casamentos coletivos: a nova tradição em ascensão no Afeganistão

Publicado

em

casamentos em massa, casamento em massa, cerimônias coletivas
Cerimônias compartilhadas se tornaram uma prática crescente para reduzir o alto custo dos casamentos tradicionais — Foto: GETTY IMAGES - Todos os direitos: G1

Casamentos em massa: alternativa para casais de baixa renda evitarem custos do casamento tradicional.

Recentemente, tem-se observado um aumento na realização de casamentos coletivos no Afeganistão, medida que tem sido adotada por casais de baixa renda como forma de evitar os altos custos de um casamento tradicional.

Em uma cerimônia recente, com a participação de 50 casais, as noivas foram mantidas fora de vista, em uma ala separada — só depois do almoço elas apareceram, segundo a imprensa local. A celebração foi organizada por uma instituição de caridade que também forneceu aos recém-casados ​​itens como tapete e eletrodomésticos para iniciarem a vida de casados, demonstrando o impacto positivo dos casamentos em massa na comunidade.

Casamentos coletivos: Celebração de casamentos em massa em meio à baixa renda

Um funcionário do Ministério para a Promoção da Virtude e Prevenção do Vício discursou nas cerimônias discretas.

Citações do Alcorão foram lidas, mas dança e música continuam efetivamente proibidas por autoridades do Talebã desde que tomaram o poder em agosto de 2021.

Patrocinado

Os noivos foram então levados em carros decorados com fitas verdes e rosas vermelhas de plástico em forma de coração.

Roohullah Rezayi, de 18 anos, explicou à agência de notícias AFP que não poderia pagar um casamento sozinho.

‘Um casamento tradicional teria nos custado pelo menos 200 mil a 250 mil afegãos (R$ 14 mil a R$ 17,5 mil), mas assim custará entre 10.000 e 15.000 afegãos (R$ 700 a R$1.050)’, disse ele.

O jovem, membro da minoria muçulmana xiita Hazara e da província de Ghor, recebe apenas 350 afegãos por dia (R$ 25) fazendo trabalhos temporários, segundo a AFP.

Patrocinado

‘Convidamos 35 pessoas das nossas duas famílias. De outra forma, seriam 300 a 400’, acrescentou.

Para alguns dos futuros noivos, a espera foi longa, diz AFP.

‘Há três anos que espero por este dia’, disse Samiullah Zamani, de 23 anos, agricultor da província de Cabul. ‘Mal posso esperar para vê-la.’

Vivenciando a celebração recente de casamentos coletivos, realizada por uma instituição de caridade, os noivos compartilharam a emoção de unirem-se em matrimônio, apesar das dificuldades financeiras. Os casamentos em massa oferecem uma alternativa acessível para aqueles de baixa renda, proporcionando uma oportunidade de compromisso e celebração.

Patrocinado

A seguir, veja imagens da cerimônia coletiva.

Fonte: G1 – Mundo

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários