fbpx
Connect with us

Mundo

Disputa do Essequibo: Maduro confirma reunião com líder da Guiana na quinta-feira (14)

Publicado

em

crise de Essequibo, região reivindicada, fronteiras, conflito territorial, disputa
Crise de Essequibo: Maduro confirma para quinta (14) reunião com o líder da Guiana Presidente guianês, Irfaan Ali, passando as tropas em revista — Foto: JN José Mucio Monteiro fala sobre possível uso do território brasileiro pela Venezuela para invadir Guiana — Foto: JN Presidente da Guiana em entrevista ao Jornal Nacional — Foto: JN - Todos os direitos: G1

Ministro da Defesa nega possibilidade de invasão guianesa por Maduro.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro informou que irá se encontrar com o presidente da Guiana, Irfaan Ali, para tratar da situação na região de Essequibo. Maduro reforçou a importância de encontrar uma solução pacífica para a disputa territorial, visando a estabilidade na região.

A crise de Essequibo tem gerado tensão entre os países, que reivindicam a região e têm fronteiras em conflito. A Guiana enfatiza que não abrirá mão de nenhuma parte do território disputado, enquanto a Venezuela também mantém suas reivindicações. A situação tem sido acompanhada de perto pela comunidade internacional, que busca uma saída diplomática para o impasse.

Crise de Essequibo: Guiana reivindica sua soberania

Em meio a uma crise na região, a disputa territorial pela região reivindicada de Essequibo atinge um novo patamar. Com plantações de arroz, mineração e uma imensa floresta habitada por povos indígenas, a situação tem gerado tensões entre Guiana e Venezuela.

Patrocinado

A população guianesa reforça a afirmação de que ‘Essequibo é da Guiana’, evidenciando a convicção de que a região faz parte do território guianês.

No entanto, os posicionamentos divergentes quanto à soberania da área remontam ao século XIX, quando os britânicos traçaram as fronteiras contestadas. A Venezuela alega que Essequibo foi roubada, impulsionando um cenário de incertezas quanto à definição dos limites territoriais.

O presidente guianês, Irfaan Ali, tem sido destaque nos noticiários ao passar tropas em revista e reforçar a posição de seu país em relação à situação. A busca por diálogo e cooperação internacional tem sido uma constante, uma vez que a Venezuela também exerce influência na região.

Neste contexto, o Brasil se posiciona como possível intermediador das conversas entre Guiana e Venezuela, sinalizando preocupação com a escalada do conflito. O ministro da Defesa, José Mucio Monteiro, assegurou que medidas unilaterais que possam agravar a situação devem ser evitadas.

Patrocinado

Em uma entrevista ao Jornal Nacional, Irfaan Ali enfatizou a importância do Tribunal Internacional de Haia como instância para resolver a disputa. Este posicionamento coloca em evidência a intenção de buscar uma resolução pacífica e dentro dos marcos legais estabelecidos pelas Nações Unidas.

A descoberta de petróleo na região de Essequibo trouxe à tona questões econômicas, notadamente sobre colonialismo e políticas públicas de distribuição de renda. O crescimento do país, aliado à inflação, despertou debates sobre os impactos da indústria petroleira e presença de estrangeiros na região.

Além disso, a investida de Maduro em Essequibo é vista como uma estratégia para as eleições na Venezuela em 2024, o que evidencia as implicações políticas no conflito em questão. Embora Guiana tenha um exército menor que o da Venezuela, a possibilidade de cooperação internacional em caso de necessidade permanece em pauta.

Em meio aos desafios, o sentimento de pertencimento e a reivindicação de soberania por parte do povo guianês permanecem firmes, refletindo a determinação em proteger os interesses e territórios de Essequibo.

Patrocinado

LEIA TAMBÉM

  • Fantástico visita Essequibo, a região da Guiana cobiçada pela Venezuela
  • Essequibo: Casa Branca procurou governo brasileiro pedindo ajuda para acalmar situação entre Venezuela e Guiana
  • Essequibo: o que há no território da Guiana que a Venezuela quer anexar e como começou a disputa

Fonte: G1 – SP

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários