fbpx
Connect with us

Esportes

Suárez inaugura Centro de Treinamento de última geração e traça plano ambicioso de levar um time à elite do Uruguai.

Publicado

em

CT, megacentro de treinamento, cidade esportiva
Conheça a a Cidade Esportiva LS Conheça o Complexo Luis Suárez - Todos os direitos: G1

Visita de G. à Cidade Esportiva LS: complexo com miniestádio, piscina semiolímpica e academia de primeira geração; homenagem a Óscar Tabárez; rivalidade com Grêmio.

Localizado em uma área privilegiada, o centro de treinamento oferece uma estrutura completa para atletas de todas as idades. Com três campos de futebol para crianças e adolescentes e outros três com medidas profissionais, sendo um deles em um miniestádio com capacidade para 1,5 mil pessoas, o espaço é ideal para treinamentos e competições.

O megacentro de treinamento é equipado com estrutura de vestiários, academia, área de convivência e alimentação, além de quatro estacionamentos e um prédio administrativo, tudo isso em um terreno de oito hectares (80 mil metros quadrados).

Projeto ambicioso: megacentro de treinamento de Suárez

Dias após ser inaugurada, no fim de março, a Cidade Esportiva abriu as portas para receber a reportagem do ge. Ainda com cheiro de novo e algumas salas vazias, o centro de treinamento é só parte de um projeto ainda mais ambicioso do atacante do Grêmio.

– Luis quer ter seu próprio time profissional – contou Danilo Alvez, coordenador esportivo e um dos administradores do empreendimento.

Patrocinado

– É preciso ir passo a passo. O LS já é uma SAD (Sociedade Anônima Desportiva), mas para chegar à elite do futebol uruguaio é preciso começar na quarta divisão. Esse processo pode levar cerca de sete anos e envolve muitas perdas financeiras. Mas, sem dúvidas, o nosso próximo passo é a profissionalização – explicou Alvez. A sociedade anônima desportiva iniciais batizam o espaço como megacentro de treinamento.

+ Leia mais notícias do Grêmio

Impulsionando o futebol na Cidade da Costa

O plano de Suárez começou em 2018, ainda de forma modesta, com a construção do Complexo LS, seguindo sugestão do cunhado dele. O megacentro de treinamento está localizado na Cidade da Costa, em Canelones, a aproximadamente meia hora da capital Montevidéu. O local contava inicialmente com duas quadras de grama sintética e churrasqueiras, abrigando aulas de futebol para crianças, além de confraternizações e eventos. Além disso, o local abriga três campos de futebol, com medidas profissionais e um miniestádio.

Em 2022, porém, o complexo se expandiu, com a construção de uma piscina semiolímpica, academia com equipamentos de primeira geração, além de salas para yoga, pilates e outras atividades. A estrutura de vestiários e a área de convivência e alimentação foram aprimoradas para os atletas. De 500 sócios, o clube saltou para mais de 3 mil.

Patrocinado

Um ano antes, o jogador havia adquirido um enorme terreno, numa área rodeada por condomínios residenciais em construção e com grande potencial de valorização. Aos 34 anos e ainda defendendo o Atlético de Madrid, o atacante decidiu que ali levantaria sua cidade esportiva. Foram dois anos de obras e muito dinheiro investido no megacentro de treinamento.

– Não posso dizer quanto foi gasto, mas garanto que foram alguns milhões de dólares. E tudo isso sem qualquer ajuda do governo, não houve um centavo sequer de isenção de imposto – afirmou Danilo Alvez.

O centro de treinamentos de Suárez: Da construção à inauguração

Mesmo à distância e em meio a uma rotina de treinos e jogos, Suárez fez questão de acompanhar de perto cada passo da construção do centro de treinamentos. Quase diariamente ele pedia atualizações a Paola Balbi, irmã da mulher do atacante, e o marido dela, Sebastián, que ficaram encarregados pelas obras. No começo deste ano, durante uma folga do Grêmio, o jogador visitou a Cidade Esportiva e não gostou do que viu. Depois da ‘dura’ do Pistolero, os trabalhos foram acelerados, e o evento de abertura adiado. A construção do prédio administrativo também recebeu atenção especial do atacante.

Finalmente, a inauguração foi marcada para 27 de março, em festa que contou com presença e homenagem a Óscar Tabárez, ex-técnico da seleção uruguaia, autoridades locais e, é claro, Luis Suárez, que não conteve as lágrimas ao discursar.

Patrocinado

A rotina de treinos no megacentro de treinamento

Atualmente, 80 funcionários trabalham no complexo esportivo e no megacentro de treinamento de Suárez. Os atletas dos times de futebol somam cerca de 700, sendo 80 mulheres. Eles se dividem em 29 times, que vão desde a categoria sub-8 até a principal. Há alguns poucos casos de prodígios que ganham bolsas de estudo, desde que se destaquem muito esportivamente e se encaixem na cultura do clube. Porém, a maioria dos atletas paga mensalidade que varia entre 60 e 65 dólares (entre R$ 300 e R$ 325 na cotação atual). É importante ressaltar que a academia e salas para yoga e pilates são utilizadas pelos atletas para treinar e se preparar para as competições.

– Para manter essa estrutura toda é custoso, por isso precisamos de sócios. A ideia é consolidar a parte social para que, amanhã, quando tivermos a parte profissional, tenhamos uma base que a sustente financeiramente – comentou Danilo Alvez, que completa: O mais difícil é criar o sentido de pertencimento. Temos que criar essa cultura com nossos sócios, que sintam a camisa, que venham aqui com amigos, com familiares, até que o Deportivo LS seja o clube principal da Cidade da Costa. A rivalidade com o Grêmio é evidenciada também por meio da utilização do centro de treinamento por outros clubes brasileiros.

Em abril, o Emelec alugou a estrutura de Luisito para treinar antes da partida contra o Danúbio, pela Copa Sul-Americana. Segundo a administração da cidade esportiva, já houve contatos também de clubes brasileiros, entre eles o Flamengo e o Inter, que depois recuou por conta da rivalidade com o Grêmio, clube de Suárez.

Trajetória para alcançar o profissionalismo

Como Danilo Alvez disse, a ‘pirâmide’ do futebol do Uruguai começa na quarta divisão, ainda amadora, assim como a terceira – só a segunda e a primeira são profissionais. A cidade esportiva está situada nesse contexto, buscando alcançar a elite do futebol uruguaio. A rivalidade com clubes tradicionais como Peñarol e Nacional também é ressaltada pelo coordenador do centro de treinamento.

Patrocinado

O principal desafio é pular da terceira para a segunda divisão, já que significa sair do amadorismo para o profissionalismo. Normalmente são duas vagas em jogo por temporada. Depois, sim, o sonho fica mais próximo: a Segundona tem sido disputada com 14 clubes e três vagas abertas para a elite. Na divisão principal, são 16 equipes. O megacentro de treinamento trabalha para proporcionar as condições necessárias para que os atletas alcancem essa meta.

Fonte: G1 – Esportes

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários