fbpx
Connect with us

Mundo

‘Palestina: quadrigêmeos nascem na Faixa de Gaza durante fuga da guerra, uma realidade devastadora’

Publicado

em

Faixa de Gaza, guerra
None - Todos os direitos: G1

Pai de 33 anos em difícil viagem no centro da Faixa de Gaza, devido à plena guerra e movimento islamista. Caminho é perigoso.

Iman Al Masry está exausta. Ao seu lado, sobre um colchão desgastado, estão três dos quadrigêmeos que deu à luz em meio ao conflito na Palestina, depois de uma árdua jornada do norte ao centro da Faixa de Gaza.

A mãe e seus recém-nascidos Yaser, Tia e Lynn estão refugiados na sala de uma escola de Deir el Balah, no coração da Palestina, com outras 50 famílias.

Seu quarto filho, Mohammad, está em observação em um hospital de Nuseirat, a sete quilômetros ao norte.

Assim como outros 1,9 milhão de deslocados da Palestina, conforme dados da ONU, Iman Al Masry teve de escapar dos confrontos entre o Exército israelense e o movimento islamista Hamas, que controla o território.

Patrocinado

A guerra na Palestina causou o deslocamento de milhões de pessoas, gerando uma crise humanitária sem precedentes. A Faixa de Gaza, em particular, tem enfrentado desafios extraordinários devido aos constantes conflitos e à falta de recursos básicos.

Iman Al Masry e a difícil viagem para fugir da guerra na Palestina

Esta mulher de 29 anos precisou deixar abruptamente sua residência em Beit Hanun, no norte, durante o quinto dia da plena guerra que se iniciou em 7 de outubro, acreditando que logo retornaria.

‘Trouxe apenas algumas roupas de verão para as crianças. Achei que a guerra não duraria mais que uma semana ou duas, e que voltaríamos para casa’, comentou.

– Cansaço -Grávida de seis meses, caminhou com outros três filhos pequenos os cinco quilômetros que separam sua casa do centro da Faixa de Gaza, onde encontrou um meio de transporte para seguir até Deir el Balah.

Patrocinado

‘A distância me cansou e afetou a gravidez. Fui ao médico e ele me disse que eu apresentava sinais de que teria um parto prematuro’, relata.

– Decisão difícil –

Aos oito meses de gestação, os médicos decidiram fazer uma cesárea. Os quadrigêmeos nasceram em 18 de dezembro, em meio à guerra deflagrada pelo ataque surpresa do Hamas no sul de Israel em 7 de outubro, que deixou cerca de 1.140 mortos segundo os últimos números oficiais.

Em resposta, Israel prometeu ‘aniquilar’ o Hamas e iniciou uma ofensiva aérea e terrestre que, até o momento, deixou mais de 21.100 mortos em Gaza – a maioria mulheres e crianças, segundo o movimento islamista -, e uma situação humanitária desesperadora.

– Tragédia pessoal –

No tumulto da guerra, Iman Al Masry não teve tempo para se recuperar. Devido à falta de leitos, teve de sair e deixar seu filho Mohammad, que precisa de acompanhamento médico.

Patrocinado

‘O estado de saúde do quarto bebê é instável. Pesa apenas um quilo, pode não sobreviver’, explica a jovem palestina. ‘Os outros três bebês nasceram saudáveis, louvado seja Deus’.

– Dificuldades –

Iman Al Masry não pôde ver Mohammad desde seu nascimento. ‘Estou preocupada com ele, mas o caminho é perigoso‘ para ir visitá-lo, explica.

Para acompanhá-lo conta com um amigo de seu marido, que reside em Nuseirat. A festa prevista para celebrar o nascimento de seus bebês foi suspensa devido ao conflito.

– Condições desesperadoras –

Suas carências alimentares tampouco lhe permite amamentá-los suficientemente. Os produtos de higiene também são escassos. ‘Utilizo fraldas com moderação. Em tempos normais, as trocaria a cada duas horas, mas a situação é difícil, assim troco só de manhã e à tarde’.

Patrocinado

Ante as dificuldades de sua família, seu marido, Ammar Al Masry, confessa que não sabe bem o que fazer. ‘Me sinto impotente’, disse este pai de 33 anos, instalado com seus seus filhos em uma sala de aula que cheira mal. ‘Temo pela vida de meus filhos e não sei como protegê-los’, admite.

Ammar Al Masry passa seus dias tentando encontrar ‘qualquer coisa’ para alimentar sua família e evita olhar nos olhos dos filhos para não ‘se sentir culpado’.

Fonte: G1 – Mundo

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários