fbpx
Connect with us

Mundo

Taxa Selic é reduzida para 11,75% ao ano pelo Copom, que projeta novos cortes em 2024

Publicado

em

juros básicos, juros fundamentais, juros principais
Banco Central cortou pela quarta vez a taxa básica de juros em 2023. — Foto: Raphael Ribeiro/BCB - Todos os direitos: G1

Quarta redução seguida da taxa básica de juros. Próxima reunião do Copom final de janeiro de 2024.

Nesta quarta-feira (13), o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central anunciou uma decisão histórica: uma redução de 0,5 ponto percentual na taxa básica de juros, a taxa Selic, que caiu de 12,25% ao ano para 11,75% ao ano.

A redução na taxa Selic, também conhecida como juros básicos ou juros fundamentais, foi decidida de forma unânime pelo Copom, marcando o quarto corte seguido desde agosto. Esta é a primeira vez desde março de 2022 que a taxa atinge um nível tão baixo, sinalizando um cenário positivo para o mercado financeiro e econômico.

Decisões do Copom em relação à taxa Selic

O Copom é composto pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e por oito diretores da autarquia. É de responsabilidade do comitê estabelecer o nível dos juros básicos a cada 45 dias.

No comunicado emitido após a reunião, o comitê reafirmou a possibilidade de reduzir novamente a taxa Selic nesse mesmo patamar – 0,5 ponto percentual – em encontros futuros.

Patrocinado

‘Caso o cenário esperado se confirme, os membros do Comitê, por consenso, preveem uma redução de igual magnitude nas próximas reuniões e consideram que este é o ritmo apropriado para manter a política monetária contracionista necessária para o processo desinflacionário’.

A próxima reunião do grupo ocorrerá nos dias 30 e 31 de janeiro de 2024.

A taxa Selic representa o principal instrumento de política monetária utilizado pelo BC para influenciar a inflação. Esta taxa afeta todas as outras taxas de juros do país, como as taxas de empréstimos, financiamentos e aplicações financeiras.

Como o Copom toma suas decisões referentes à taxa Selic

Para estabelecer a taxa básica de juros e tentar conter a elevação dos preços no sistema de metas de inflação, o BC realiza projeções para o futuro.

Patrocinado

Atualmente, a instituição também está direcionando seus esforços para atingir a meta de 2025. Isso se deve ao fato de que as mudanças na taxa Selic levam de seis a 18 meses para ter impacto total na economia.

A meta de inflação estabelecida para o próximo ano pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) é de 3% e será considerada cumprida se variar entre 1,5% e 4,5%.

A partir de 2025, o governo modificou o regime de metas de inflação, e a meta passou a ser contínua, de 3%, podendo oscilar entre 1,5% e 4,5% sem descumprimento.

Fonte: G1 – SP

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários