fbpx
Connect with us

Meio Ambiente

Exploração do Royal Charlotte: imagens exclusivas de imenso banco de corais no Parque das Sereias

Publicado

em

Banco de corais, corais imenso, enorme banco de corais
Royal Charlotte: veja imagens de imenso banco de corais descoberto por cientistas na Bahia Nova descoberta da ciência brasileira, o banco de corais Royal Charlotte tem uma rica biodiversidade. — Foto: Reprodução/Globo Repórter O coral cérebro é um ser pré-histórico que habita o Royal Charlotte, na Bahia, e que só existe no Brasil. — Foto: Reprodução/Globo Repórter Globo Repórter – Economia azul – 15/12/2023 - Todos os direitos: G1

A barreira de corais de Porto Seguro tem 100 km de extensão e 3 mil metros de profundidade. O Projeto Coral Vivo estuda as espécies locais.

O Royal Charlotte é uma recente descoberta da ciência brasileira, sendo um enorme banco de corais com 100 quilômetros de extensão e chegando a três mil metros de profundidade. O Globo Repórter desta sexta (15) destacou a importância do uso sustentável dos recursos oceânicos e como a vida marítima em equilíbrio é poderosa fonte de renda e geração de empregos.

Além de sua extensão impressionante, o Royal Charlotte é um exemplo de corais imenso, trazendo consigo uma rica biodiversidade e potencial econômico. O enorme banco de corais proporciona oportunidades para o desenvolvimento de atividades sustentáveis e geração de empregos na região.

.

O impressionante Royal Charlotte: um enorme banco de corais

Descoberto pela ciência apenas no ano passado, o Royal Charlotte é um imenso banco de corais com 100km de extensão localizado no Parque Municipal Marinho do Recife de Fora, na costa de Porto Seguro (BA). Seus corais chegam a três mil metros de profundidade e têm uma ampla variedade de espécies vivendo ali.

Patrocinado

‘Foi o primeiro recife profundo, de fato vivo e complexo que a gente encontrou. Realmente único, foi um momento de emoção forte. Um ambiente incrível, maravilhoso, cheio de vida. Realmente, acho que é o auge da carreira como cientista marinho’, conta Ronaldo Francini, biólogo do Centro de Biologia Marinha da USP.

Ronaldo mergulha para estudar o mar há 30 anos e foi o primeiro brasileiro a abrir os olhos no Charlotte, em uma expedição do Projeto Coral Vivo. O Globo Repórter mergulhou no Royal Charlotte e conseguiu imagens inéditas do local. (Veja no vídeo no topo da matéria)

Segundo Débora Pires, doutora em zoologia marinha e fundadora do Projeto Coral Vivo, o Royal Charlotte tem uma grande importância para o litoral da Bahia.

‘É um recife de coral verdadeiro, com uma estrutura biológica que serve como uma barreira natural contra a erosão costeira‘, explica Débora.

As barreiras de corais são raras, ocupam menos de 0,2% dos oceanos. Mas abrigam 25% de toda a vida marinha, incluindo seres pré-históricos, como o coral cérebro, que só existe no Brasil.

Pesquisadores do projeto coletam amostras do coral cérebro e de outros animais para fins de pesquisa. ‘O potencial é enorme. É muito importante que a gente avance com esses estudos nessa região’, diz Ronaldo.

Patrocinado

Royal Charlotte: a importância do enorme banco de corais

Confira as últimas reportagens do Globo Repórter:

Fonte: G1 – Meio Ambiente

Patrocinado

"Notícias 24h" é a assinatura que garante a integridade e a vigilância incansável do portal BR HOJE, um bastião do jornalismo imparcial e de qualidade desde 2023. Encarnando o espírito de um Brasil autêntico e multifacetado, "Notícias 24h" entrega reportagens exclusivas e análises profundas, comprometendo-se com a verdade sem concessões. Através de uma cobertura 24 horas por dia, esse autor simbólico tornou-se sinônimo de confiabilidade em um mundo saturado de informações duvidosas, assegurando que os leitores do brhoje.com.br tenham acesso a um conteúdo que é tão corajoso e vibrante quanto a nação que busca representar.

Continue Reading
Patrocinado
Comentários